Pixel do Facebook

Narciso Em Férias

    Renato TerraRicardo Calil
    Narciso Em FériasNarciso Em Férias
    (2020)

    Trailer

    Sinopse

    Em 27 de dezembro de 1968, Caetano Veloso foi preso pela Ditadura Militar. No total, o músico ficou 54 dias em cárcere. Anos depois, ele conta suas memórias desse período.

    Ficha técnica

    Por que assistir a este filme?

    ‘Narciso em Férias’ foi lançado no Globoplay no mesmo dia em que estreou no Festival de Veneza. Sem arquivos de imagens ou sequer narrações, o filme é composto por um depoimento do músico Caetano Veloso - onde ele descreve o tempo que ficou preso durante a ditadura militar no Brasil. Além de relatos, Caetano entoa canções que o remetem a esse turbulento período. O cantor fala que ficou preso por semanas sem saber porque estava encarcerado - motivo que hoje em dia é bem conhecido. Caetano Veloso e Gilberto Gil foram acusados de terem desrespeitado o hino nacional e a bandeira brasileira, em dezembro de 1968, e por conta disso, ambos foram presos. Na época, a acusação foi definida como “tentativa da quebra do direito e da ordem institucional” com mensagens objetivas e subjetivas à população". Ao longo de quase uma hora e meia, o músico passa por diversos detalhes de tudo o que aconteceu e faz o espectador refletir sobre democracia e cultura no Brasil. ‘Narciso em Férias’ traz um formato documental diferente, ao mostrar apenas Caetano Veloso com um violão e nem por isso o filme perde seu ritmo, ou deixa de prender. O título do longa se remete ao fato do cantor ter ficado mais de 50 dias detido sem poder se olhar no espelho - referência à música ‘Sampa’, que tem o verso “é que Narciso acha feio o que não é espelho”.

    Raíssa Basílio

    Raíssa Basílio

    Redatora do Filmelier

    Onde assistir?

    Indisponível nos cinemas

    Publicidade