Remédio AmargoFilme na Netflix

Carles Torras
Remédio AmargoRemédio Amargo
(2020)

Trailer

Sinopse

Incapaz de encarar sua nova realidade em uma cadeira de rodas, Ángel desenvolve uma perigosa obsessão pela ex-namorada e trama um plano de vingança. Assista o quanto quiser.

Ficha técnica

Por que assistir a este filme?

Aproveitando o bom momento do suspense espanhol, com filmes como ‘O Poço’, ‘El Cuerpo’ e ‘Um Contratempo’, o longa-metragem ‘Remédio Amargo’ tenta abocanhar todas as referências do gênero para contar sua história. Nela, o espectador é convidado a entrar na casa e na vida de Angél (Mario Casas, também visto em ‘Um Contratempo’). Paramédico, ele tem uma relação monótona com sua esposa (Déborah François, a melhor em cena) enquanto tentam engravidar. No entanto, a relação acaba se esvaindo quando ele sofre um acidente e fica paraplégico. É o início, assim, de uma história de obsessão, ao estilo ‘Misery’, desse homem na cadeira de rodas com a esposa. Uma pena, porém, que o diretor Carles Torras acabe abraçando todos os clichês e chavões do gênero, sem nunca imprimir nenhuma originalidade ou grande momento da história. ‘Remédio Amargo’, assim, é um filme monótono, em seu desenvolvimento e conclusão, que nunca consegue alcançar o que realmente deseja. Mas, ainda assim, não dá para dizer que é perda de tempo para quem busca, justamente, um filme que repita as emoções, histórias e sensações que um suspense pode gerar.

Matheus Mans

Matheus Mans

Editor do Filmelier

Onde assistir?

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Indisponível nos cinemas

Disponível em casa

Publicidade