Os Novos Mutantes

Josh Boone
Os Novos MutantesOs Novos Mutantes
(2020)

Trailer

Sinopse

Cinco jovens mutantes, ainda descobrindo seus poderes, lutam para fugir dos seus pecados do passado e para se salvarem, enquanto são mantidos contra sua vontade numa instalação psiquiátrica.

Ficha técnica

Por que assistir a este filme?

'Os Novos Mutantes', baseado nas HQs de mesmo título publicadas pela Marvel Comics, é um derivado da franquia X-Men que tentativa de inovar dentro dos filmes de super-herói. Esqueça colantes e roupas coloridas, ou ainda uma missão grandiosa para salvar o mundo. Aqui, temos um grupo de jovens mutantes que tenta salvar sua própria pele. Com isso, o longa traz elementos do terror, inclusive homenageando outro expoente dessa "improvável" união: 'Buffy, A Caça-Vampiros'. Infelizmente, diferentemente até de 'Buffy', o longa tenta criar uma ambientação realmente envolvente e assustadora, mas acaba falhando nessa missão. O elenco tem nomes de peso, como Anya Taylor-Joy ('O Gambito da Rainha'), Maisie Williams ('Game of Thrones'), Charlie Heaton ('Stranger Things') e os brasileiros Alice Braga e Henry Zaga - todos empenhados em suas atuações, ainda que um pouco perdidos com a direção sem pulso de Josh Boone. Infelizmente, este acabou se tornando o "fim" do Universo X-Men da Fox nos cinemas após a compra do estúdio pela Disney. E esse final não poderia ser mais conturbado: ambas as empresas nunca ficaram muito seguras com o longa, que acabou sendo adiado e foi lançado justamente durante a pandemia de covid-19 - ou seja, foi visto por pouca gente nos cinemas. Dito isso, o filme vale o entretenimento de cerca de 90 minutos se você ignorar os buracos do roteiro e for assistir em uma sessão de cinema em casa despretensiosa, quem sabe no meio madrugada...

Renan Martins Frade

Renan Martins Frade

Editor-chefe do Filmelier

'Os Novos Mutantes' talvez carregue o estigma de filmes mais amaldiçoado daquelas histórias inspiradas em quadrinhos da Marvel. E não é pra menos. As gravações começaram em 2017, sob a tutela do finado estúdio 20th Century Fox. Adiaram a estreia várias vezes. Até que a Disney comprou a empresa, transformou o estúdio em 20th Century Studios e ficou com uma batata quente nas mãos. Resolveu fazer regravações e o longa só chegou aos cinemas em 2020, depois de adiamentos, uma pandemia e boatos de que o filme nunca seria lançado. Todos esses problemas são visíveis na produção, que não consegue manter o ritmo, tampouco uma coesão da trama. No entanto, o bom trabalho de atores como Maisie Williams, Anya Taylor-Joy e Alice Braga ajuda a fazer com que a produção ganhe alguns pontos e, acima de tudo, não se torna um desastre completo. Mas, o melhor, sem dúvidas, é assistir ao filme como se fosse algo independente de qualquer outra coisa que já viu da Marvel e dos X-Men. Quem sabe, assim, se torne minimamente interessante.

Filmelier

Filmelier

As nossas sugestões

Onde assistir?

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Indisponível nos cinemas

Publicidade