Transtorno Explosivo

Nora Fingscheidt
Drama2020

125 min

Transtorno ExplosivoTranstorno Explosivo
(2020)

Trailer

Sinopse

Urso de Prata no Festival Berlim 2019. Aos nove anos, Benni já assusta os adultos ao seu redor. Sua própria mãe entregou-a para adoção por medo. Uma assistente social tenta ajudá-la a controlar a raiva, mas ela não vai ceder até voltar para casa.

Ficha técnica

Por que assistir a este filme?

Quer assistir a um potente, forte e emocional drama sobre crianças-problema? Então ‘Transtorno Explosivo’ é um filme para chamar de seu. Escolhido para representar a Alemanha no Oscar 2020, este longa-metragem de Nora Fingscheidt (‘Brüderlein’) conta a história de Benni (Helena Zengel), uma criança violenta e com ataques frequentes de fúria, que não é aceita por nenhum tipo de internato ou lar temporário. Dessa maneira, ela fica sendo jogada de um lado pro outro, sem futuro, apenas esperando a sua mãe. O filme é um soco no estômago do começo ao fim. Propositadamente desconfortável, é irritante aguentar os gritos da protagonista-mirim no começo. São berros guturais e que mexem com a cabeça de seu espectador. Mas o desenvolvimento do roteiro da própria Nora é espetacular. A trama avança, mas Benni fica parada -- o que, às vezes, pode acabar gerando uma sensação de repetição de histórias. Mas o fato é que o espectador, por meio dessa estagnação da personagem, vai compreendendo seu comportamento, seu sofrimento, suas dores. Não há uma aprovação do que ela faz. Mas há um sentimento transformador ao fim.

Matheus Mans

Matheus Mans

Editor do Filmelier

Onde assistir?

Indisponível nos cinemas

Publicidade