Veneza

Miguel FalabellaHsu Chien Hsin
Drama2021

92 min

VenezaVeneza
(2021)

Trailer

Sinopse

Reencontrar o único homem que amou é o sonho de Gringa, dona de um bordel no interior do Brasil. Mesmo cega e muito doente, ela insiste em realizar seu último desejo: ir até Veneza para pedir perdão ao antigo amante, que abandonou décadas atrás. Para levá-la à cidade italiana, Tonho. Rita, Madalena, e as outras moças que trabalham para Gringa idealizam um fantástico plano.

Ficha técnica

Por que assistir a este filme?

Segundo filme dirigido por Miguel Falabella, ‘Veneza’ é uma daquelas histórias “8 ou 80”. Afinal, é fácil torcer o nariz para a trama de um grupo de prostitutas, altamente fetichizadas pelo tom fantasioso da produção, que se desenrola em várias histórias. De um lado, há a idosa Gringa (Carmen Maura), que sonha em ir para Veneza encontrar seu antigo amor. Há, também, o potente romance entre Madalena (Carol Castro) e Júlio (Caio Manhente), uma mulher transexual ainda não assumida. E há algumas outras histórias por baixo, mas que quase não agregam em ‘Veneza’: a prostituta analfabeta (Danielle Winits), o faz-tudo (Eduardo Moscovis), a garota doente (Maria Eduarda de Carvalho), etc. A trama, adaptada de de uma peça do argentino Jorge Accame, cheira a naftalina e não sabe seus limites. Faltou mais cuidado na hora de falar sobre a prostituição, tratando a profissão quase que de maneira idílica, além de sensibilidade para falar de sexualidade. Mas, por outro lado, dá para se emocionar e achar graça principalmente na história dessa anciã, já cega e com alguns delírios, que sonha em ir para a região alagada da Itália -- a sequência final, brincando com a imaginação do teatro, do circo e do cinema, é belíssima. Talvez tenha faltado uma coesão maior na história, que assume logo de cara seu tom novelesco, e uma atualização para ainda fazer sentido hoje em dia. O que não pode ser questionado é a qualidade do elenco, principalmente na força de Maura, na delicadeza de Manhente e no magnetismo que é ver Carol Castro em cena. Um filme difícil de assimilar e de chegar a uma conclusão. Talvez seja melhor só ser levado pela gôndola desafiadora de ‘Veneza’.

Matheus Mans

Matheus Mans

Editor do Filmelier

Onde assistir?

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Indisponível nos cinemas

Disponível em casa

Publicidade