Pixel do Facebook

Aqueles Que Me Desejam a Morte

Taylor Sheridan
Ação2021

100 min

Aqueles Que Me Desejam a MorteAqueles Que Me Desejam a Morte
(2021)

Trailer

Sinopse

Uma bombeira ainda abalada pela perda de três vidas que não conseguiu salvar de um incêndio, se depara com um menino de 12 anos traumatizado e sem ninguém a quem recorrer.

Ficha técnica

Por que assistir a este filme?

O diretor e roteirista Taylor Sheridan é um exímio contador de faroestes modernos, geralmente com personagens de índole questionável e inseridos em ambientes áridos -- sejam eles gelados (‘Terra Selvagem’) ou desérticos (‘A Qualquer Custo’, ‘Sicario’). Em ‘Aqueles que me Desejam a Morte’, Sheridan assume direção e roteiro em uma cidade pacata, sem nenhuma dessas características geográficas aparentes, para falar sobre um garotinho que luta pela vida após o assassinato do pai por dois matadores profissionais (Nicholas Hoult e Aidan Gillen). A ajuda acaba surgindo na figura de uma bombeira (Angelina Jolie, retornando aos filmes de ação) que guia o garotinho pela floresta e, em determinado momento, pelas labaredas de um incêndio florestal. Sheridan, ao contrário de seu outro trabalho como cineasta, o interessante ‘Terra Selvagem’, acaba apostando em clichês e soluções fáceis para algumas coisas -- a facilidade de rastreamento, a tempestade que quebra o comunicador e coisas do tipo. Mas, mesmo não sendo o trabalho mais interessante de Sheridan, ‘Aqueles que me Desejam a Morte’ causa impacto com uma trama que prende a atenção com uma típica perseguição de “gato e rato”. Desta também para a boa atuação de Jolie, em um papel com camadas, e para Gillen ('Game of Thrones'), um bom vilão.

Matheus Mans

Matheus Mans

Editor do Filmelier

Onde assistir?

Fora de cartaz nos cinemas

Em breve em casa

Publicidade