Warcraft: O Primeiro Encontro de Dois Mundos

Duncan Jones
Warcraft: O Primeiro Encontro de Dois MundosWarcraft: O Primeiro Encontro de Dois Mundos
(2016)

Trailer

Sinopse

Em busca de uma nova terra para viver, os guerreiros Orc atravessam um portal e chegam até Azeroth, uma região pacífica que vira um campo de batalha pela sobrevivência de dois povos.

Ficha técnica

Por que assistir a este filme?

Há uma espécie de maldição pairando em Hollywood quando estúdios resolvem colocar adaptações de videogames na tela grande. O passado formado por títulos como 'Assassin's Creed', 'Mario Bros.' e 'Tomb Raider' mostra que essas aventuras não foram felizes, com resultados abaixo da média. 'Warcraft: O Primeiro Encontro de Dois Mundos', felizmente, escapa um pouco disso -- ainda que recorra em erros comuns em adaptações do tipo. Por aqui, o cineasta Duncan Jones ('Lunar', 'Contra o Tempo') se inspira em 'Senhor dos Anéis' e 'As Crônicas de Nárnia' para tentar criar um épico medieval que mostra um embate entre criaturas e humanos. Há força, principalmente na primeira metade, quando essa fantasia mostra força e a mitologia adaptada para as telas ganha impulso com um roteiro alinhado de Jones e Charles Leavitt ('Aqueles que me Desejam a Morte'). É uma adaptação de videogame acima da média, principalmente pelo elemento da fantasia que empolga. Mas, novamente: dado a qualidade do jogo e as possibilidades no horizonte, poderia ser um filme bem melhor. O melhor é esquecer o produto original e embarcar na história como se fosse um épico nascendo ali, do zero.

Matheus Mans

Matheus Mans

Editor do Filmelier

Onde assistir?

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Indisponível nos cinemas

Publicidade