After: Depois do Desencontro

    Castille Landon
    After: Depois do DesencontroAfter: Depois do Desencontro
    (2021)

    Trailer

    Sinopse

    A trama conta a história de Tessa Young, uma aluna dedicada, filha obediente e namorada fiel, durante seu primeiro semestre na faculdade. Com grandes ambições para seu futuro, seu mundo protegido se abre quando ela conhece o misterioso Hardin Scott, um rebelde que a faz questionar tudo o que ela sabia sobre si mesma e o que queria para sua vida.

    Ficha técnica

    Por que assistir a este filme?

    Depois de se conhecerem no primeiro filme e passarem por uma forte instabilidade no segundo, o casal Hardin (Hero Fiennes Tiffin) e Tessa (Josephine Langford) parece que finalmente bate de frente com a rotina da vida em ‘After: Depois do Desencontro’, terceiro capítulo da franquia. Comandado pela cineasta Castille Landon (‘Medo da Chuva’), o longa-metragem investe 99 minutos em mostrar as idas e vindas desse casal, baseado em um romance de sucesso da autora Anna Todd. Os dois se afastam, ficam mal e, na fossa, se reaproximam. Quando voltam a se amar, surge algum outro empecilho que os afasta novamente. E por aí vai. A única coisa que muda é o que os afasta e os une: o flerte com o garçom, a amiga inesperada, o porre, etc, etc. Não há um complicador nessa situação, nem algo que realmente movimente a história. Há até certa beleza escondida nesse vazio, que fala muito sobre as relações modernas de hoje em dia: o amor passageiro, as relações que se escondem e por aí vai. Mas, obviamente, a diretora não consegue transformar esse material em algo interessante. Afinal, mais do que uma história ruim, ela tem em mãos um problema que quebra qualquer possibilidade: um dos piores atores de sua geração em cena. Ainda que Langford se vire bem em cena, Hero Fiennes Tiffin continua sendo um completo desastre -- ainda mais neste filme, que não tem história e exige mais dos atores em cena. Alguns momentos dão vergonha alheia. Enfim, ‘After: Depois do Desencontro’ talvez seja o menos pior dos três filmes lançados até aqui. Talvez por ter menos história e menos possibilidade de erro. Mas, no final, fica aquela dúvida: pra que? Pra que mais um filme, pra que investir nessa história que simplesmente não encontra espaço para crescer e ir além? Seria hora de dar adeus. Só que já tem mais filmes vindo por aí para alegria dos fãs que, sem dúvida alguma, voltaram a se divertir com a história desse casal adolescente.

    Matheus Mans

    Matheus Mans

    Editor do Filmelier

    Onde assistir?

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade

    Em cartaz nos cinemas

    Ingresso.com

    Em breve em casa

    Publicidade