Ron Bugado

Sarah SmithJean-Philippe Vine
Ron BugadoRon Bugado
(2021)

Trailer

Sinopse

'Ron Bugado' conta a história do jovem Barney, um menino de onze anos que tem dificuldade de fazer novos amigos, e seu companheiro Ron, uma inteligência artificial de alta tecnologia que anda, fala e é o "melhor amigo fora da caixa" de Barney. Mas quando Ron começa a ter seu funcionamento comprometido, os dois saem em uma aventura repleta de ação, onde a amizade entre os dois se mostra verdadeira.

Ficha técnica

Por que assistir a este filme?

A Locskmith Animation é uma novata no mundo das animações: ‘Ron Bugado’ é o primeiro longa-metragem do estúdio. Porém, se você não soubesse dessa informação, nunca adivinharia. Afinal, este filme não deve em nada em termos de qualidade a produções de concorrentes como a Illumination (da franquia ‘Meu Malvado Favorito’), Sony Pictures Animation (‘Tá Chovendo Hambúrguer') ou até mesmo da DreamWorks (‘Madagascar’) - ainda que falte a sutileza das produções da Pixar (famosa por ‘Toy Story’). O enredo do filme é bem elaborado, sobre um garoto, Barney, que vê todos os colegas se encantando com um novo brinquedo, um robô chamado B-bot. Sofrendo de bullying por não se encaixar nos padrões das outras crianças e sem amigos, Barney faz de tudo para ganhar o brinquedo, até que consegue. No entanto, Ron, o B-bot do garoto, é defeituoso, colocando os dois em diversas confusões. Dessa forma, a animação toca em temas como o excesso de dependência das crianças em relação ao celular (o brinquedo principal do filme é uma metáfora dos smartphones), a necessidade de termos que nos encaixar em padrões determinados pela sociedade, o valor da família e da amizade, a falta de privacidade nas redes sociais, a ganância das grandes corporações e, claro, o bullying e o cyberbullying. Com tantos assuntos para abordar, fica a sensação de que ‘Ron Bugado’ tenta abraçar muitas causas de uma só vez e, por isso, se dispersa em suas mensagens. De qualquer forma, é um ótimo filme para assistir em família e, depois, debater com os pequenos sobre os temas assistidos. Afinal, esse é um daqueles filmes que pode nos fazer pessoas melhores após assistir (e refletir) ao que está na tela.

Renan Martins Frade

Renan Martins Frade

Editor-chefe do Filmelier

Onde assistir?

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Fora de cartaz nos cinemas

Em breve em casa

Publicidade