Cleópatra

Joseph L. Mankiewicz
Drama1963

251 min

CleópatraCleópatra
(1963)

Trailer

Sinopse

A rainha Cleópatra do Egito experimenta tanto o triunfo quanto a tragédia ao tentar resistir às ambições imperiais de Roma.

Ficha técnica

Por que assistir a este filme?

‘Cleópatra' é, certamente, um dos mais espetaculares e épicos filmes já feitos. Trata-se de uma espécie de "canto do cisne" da Era de Ouro de Hollywood, quando os grandes e poderosos estúdios investiam fortunas para produzir longas grandiosos. Aliás, pode-se dizer que a produção de Joseph L. Mankiewicz (de 'A Malvada' e também irmão de Herman J. Mankiewicz, retratado no filme 'Mank') é megalomaníaco, até: com mais de 4h de duração, teve um orçamento astronômico de US$ 31,1 milhões (US$ 278,8 milhões em valores atuais,uma fortuna) e quase levou a 20th Century Fox à falência. Tudo para reproduzir com muita pompa e glamour o Egito de Cleópatra VII, incluindo o conturbado relacionamento com o Império Romano e com os generais Júlio César e Marco Antônio. Trata-se da mais memorável atuação de Elizabeth Taylor, que encarna a personagem-título. O olhar atual, claro, encontrará problemas no "whitewashing" (embranquecimento) da rainha egípcia, enquanto o ritmo mais lento, o roteiro arrastado e as falas pomposas podem soar enfadonhas para as novas gerações. Agora, se você superar isso e entender o contexto sócio-cultural da produção, irá encontrar uma fotografia espetacular, uma direção de arte belíssima, uma direção clássica de Mankiewicz e o retrato de um cinema que não existe mais, mas que tem lugar importante na história da sétima arte. Se após tudo isso você quiser ainda mais, fica a dica de assistir a 'Júlio César', também de Herman J. Mankiewicz, baseado na peça de William Shakespeare.

Renan Martins Frade

Renan Martins Frade

Editor-chefe do Filmelier

Onde assistir?

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Indisponível nos cinemas

Publicidade