Cow

Andrea Arnold
CowCow
(2022)

Trailer

Sinopse

Este filme nos convida a contemplar as vacas, a nos aproximar delas, ver sua beleza e os desafios de suas vidas. Não de uma forma romântica, mas de uma forma real. É um filme sobre a realidade de uma vaca leiteira e o grande serviço que ela nos presta.

Ficha técnica

Por que assistir a este filme?

‘Cow’ poderia cair, facilmente, no filme-propaganda – ou seja, aqueles longas que apenas ficam vomitando opiniões chocantes para sensibilizar a audiência sem nada concreto. No entanto, nada disso. Com premissa simples, a cineasta Andrea Arnold (‘Docinho da América’) pega sua câmera e acompanha a vida de Luma, uma vaca holandesa leiteira em algum lugar do Reino Unido. Bem no começo do longa-metragem, a vaquinha simpática tem sua primeira cria -- um bezerrinho que rapidamente é tirado de perto da mãe. A partir daí, a cineasta vai mostrando dois caminhos: de um lado, a solidão e a rotina dolorosa de Luma; de outro, os primeiros passos do bezerrinho na vida dessa fazenda leiteira. Dessa forma, ‘Cow’ começa a se aprofundar na rotina de abusos que essa fazenda promove. Há uma sensação de que as coisas acontecem até mesmo com cuidado com aqueles animais -- os fazendeiros ouvem música, chamam as vacas com nome e não por números, e por aí vai. Só que não deixa de ser um ambiente de exploração animal. A vaca protagonista, Luma, não pode ficar ao lado de sua cria. Não tem controle sobre sua vida, seus desejos e corpo, suas necessidades. É um filme duro e doloroso, difícil de assistir, e que te dá uma melancolia quase imediata. Por isso, fica o aviso de conteúdo sensível: se não gosta de ver animais sofrendo ou coisas do tipo, melhor passar longe – apesar da mensagem urgente.

Matheus Mans

Matheus Mans

Editor do Filmelier

Onde assistir?

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Indisponível nos cinemas

Disponível em casa

Publicidade