Amira

Mohamed Diab
Drama2022

98 min

AmiraAmira
(2022)

Trailer

Por que assistir a este filme?

A Questão da Palestina (envolvendo não só o território, mas também o seu povo) está sempre em meio a polêmicas. Afinal, trata-se de uma situação delicada, de décadas de conflitos, prisioneiros, invasões, guerras, sofrimento e disputas. ‘Amira’ é um longa-metragem egípcio e jordaniano que se coloca em meio a essa questão - e que, por si mesmo, acaba envolvido em controvérsias. Afinal, o longa conta a história de uma jovem, a personagem-título, que seria resultado de um inceminação artificial a partir de sêmen contrabandeado de um palestino preso por Israel - porém, ela descobre que, antes da fertilização, houve uma troca e ela é na realidade filha de um israelense. Dessa forma, ‘Amira’ tenta traduzir em um enredo paternal e familiar os conflitos da região. No entanto, ainda que tenha uma qualidade artística inquestionável (tendo sido inclusive selecionado para o Festival de Veneza), o filme do diretor egípcio Mohamed Diab (da série ‘Cavaleiro da Lua’) escorrega ao retratar a luta palestina, assim como - na visão de muitos - desrespeitar os sentimentos dos prisioneiros e de seus familiares. No final, trata-se de um longa-metragem que deve ser visto sempre a partir de um olhar reflexivo, e que certamente nos ensina uma lição valiosa: ao se tentar retratar ou conhecer as lutas e causas de outros povos que não são os nossos, todo cuidado é valioso.

Renan Martins Frade

Renan Martins Frade

Ex-editor-chefe do Filmelier

Amira, uma palestina de 17 anos, foi concebida com o esperma contrabandeado de seu pai preso, Nawar. Embora seu relacionamento com ele tenha se restringido a visitas à prisão, ele continua sendo seu herói. A ausência dele em sua vida é compensada com amor e carinho daqueles que a cercam, mas quando uma tentativa fracassada de conceber outra criança revela a infertilidade de Nawar, o mundo de Amira vira de cabeça para baixo.

Compartilhar

Onde assistir?

Em breve em casa