Avatar: O Caminho da Água

James Cameron
Avatar: O Caminho da ÁguaAvatar: O Caminho da Água
(2022)

Trailer

Por que assistir a este filme?

Avatar’, em 2009, se tornou um fenômeno inesperado de bilheteria, desbancando o até então líder ‘Titanic’. O motivo disso, mais do que a história ou até mesmo a importância do diretor James Cameron (que é, veja só, também diretor de ‘Titanic’), estava em toda a importância tecnológica da produção. ‘Avatar’, afinal de contas, colocou o 3D em um outro nível e aumentou a régua. Todo mundo queria ver os feitos do longa-metragem nos cinemas. Treze anos depois, Cameron retorna à história, após muito trabalho e muitos adiamentos, para ‘Avatar: O Caminho da Água’. A produção mergulha novamente no mundo de Pandora para falar sobre a família Sully (Sam Worthington, Zoe Saldana e filhos) e como eles estão após os eventos do filme anterior – ainda com a ameaça dos humanos rondando as tribos do planeta. Buscando proteção, a família decide partir e buscar refúgio no universo aquático de grupos do outro lado de Pandora. Ainda que a história seja banal e com toques ultrapassados, como a falta de representatividade feminina, ‘Avatar: O Caminho da Água’ ainda consegue arrepiar e emocionar, além de surpreender com uma tecnologia de captura de movimentos como nunca antes na história do cinema. É bonito, é encantador e, apesar das derrapadas e do exagero da duração, justifica essa espera toda de treze anos.

Matheus Mans

Matheus Mans

Editor do Filmelier

Uma década após os eventos do primeiro filme, Avatar 2: O Caminho da Água acompanha a história da família Sully: Jake, Neytiri e seus filhos. O longa também irá apresentar os perigos que os esperam nesta nova aventura, os esforços que fazem para se manterem seguros, as batalhas que enfrentam para sobreviver e, claro, as tragédias que sofrem.

Compartilhar

Onde assistir?

Em cartaz nos cinemas

Ingresso.com

Em breve em casa