scorsese

Apple irá produzir o novo filme de Martin Scorsese

Com orçamento de US$ 200 milhões, filme será produzido pela Apple e distribuído pela Paramount Pictures

28 de maio de 2020 10:44

Após impasses, o novo filme de Martin Scorsese encontrou uma saída para finalmente sair do papel. Segundo o site de notícias Deadline, a Apple comprou parte dos direitos e irá produzir a adaptação do livro ‘Assassinos da Lua das Flores’, de David Grann, juntamente com a Paramount Pictures.

Assim, Scorsese encontrou um meio de financiar seu filme, que tinha sido considerado inviável pelas mãos de uma única empresa por conta de seu orçamento de US$ 200 milhões. A partir de agora, a gigante da tecnologia vai financiar o longa-metragem e atuar como o principal estúdio criativo.

A Paramount Pictures, enquanto isso, fica com a distribuição global do filme que deve circular nos cinemas. Afinal, primeiramente, a Apple queria lançar o filme direto em streaming. No entanto, a ideia desagradou Scorsese, que sempre quis ver ‘Assassinos da Lua das Flores’ nos cinemas. E assim, acabou sendo firmado esse acordo entre estúdios e custos divididos.

De Niro, Scorsese e Di Caprio vão repetir parceria (Crédito: Divulgação/Golden Globes)

Publicidade

Vale lembrar que o mais recente filme de Martin Scorsese, ‘O Irlandês‘, também só saiu do papel por conta da aposta alta da Netflix — uma empresa de streaming e tecnologia. O cineasta por trás de ‘Taxi Driver‘ e ‘O Lobo de Wall Street‘ chegou a pedir um lançamento em grande circuito nos cinemas para o longa, mas a empresa de Los Gatos conseguiu apenas uma estreia num pequeno circuito de salas nos EUA e em alguns outros países, incluindo o Brasil.

História

‘Assassinos da Lua das Flores’ é um livro baseado em fatos reais que acompanha o início do FBI, ainda na década de 1920. Logo de cara, a organização precisa investigar o assassinato de indígenas Osage que tinham os direitos de exploração do petróleo descoberto em suas terras.

A projeção é que o filme, estrelado por Leonardo di Caprio e Robert de Niro, estreie ainda em 2021. Depois de circular pelos cinemas, a ideia da Apple é aproveitá-lo em seu streaming por assinatura, o Apple TV+. A empresa está investindo em catálogo e até comprou, recentemente, um filme estrelado por Tom Hanks.