300

‘CODA’ é consagrado no Festival Sundance 2021; veja todos os vencedores

‘CODA’ foi adquirido pela Apple por US$ 25 milhões, valor máximo já pago por um filme em Sundance

3 de fevereiro de 2021 17:15

O Festival de Cinema de Sundance de 2021 terminou esta semana e ontem, 2, foi a premiação. O grande destaque desta edição com ‘CODA’, produção dirigida e roteirizada por Siân Heder (‘Little America’). O longa ganhou os principais prêmios, totalizando 4, dentre eles os de melhor filme do júri, público e também, melhor direção e elenco na categoria de drama.

‘CODA’ gira em torno de da estudante Ruby (Emilia Jones), no último ano do Ensino Médio. Ela é a única pessoa que não é surda da sua família e está dividida entre buscar o seu sonho na indústria musical ou ficar em casa ajudando seus pais.

'CODA' é consagrado no Festival Sundance 2021
‘CODA’ é protagonizado por Emília Jones e foi amplamente elogiado pela crítica especializada (Crédito: Divulgação/Apple)

Outros destaques do Sundance 2021 foram ‘Hive’, da diretora Blerta Basholli que ficou com o prêmio de melhor filme internacional, ‘Flee’, do dinamarquês Jonas Poher Rasmussen, que levou na categoria de melhor documentário internacional e ‘Summer of Soul’, de Ahmir Questlove Thompson, que venceu como melhor documentário [Via Indiewire].

Confira abaixo todos os vencedores:

  • Competição americana de dramas: ‘Coda’, de Siân Heder
  • Competição americana de documentários: ‘Summer of Soul’, de Ahmir “Questlove” Thompson
  • Cinema Mundial: ‘Hive’ (Kosovo, Suiça, Macedônia), de Blerta Basholli
  • Documentário Mundial: ‘Flee’, de Jonas Poher Rasmussen
  • Direção de drama americano: ‘Coda’, de Siân Heder
  • Direção de documentário americano: ‘Users’, de Natália Almada
  • Direção de cinema mundial: ‘Hive’, de Blerta Bashilli
  • Direção de documentário mundial: ‘Sabaya’ (Suécia), de Hogir Hirori
  • Edição de documentário americano (Prêmio Jonathan Oppenheim): ‘Homeroom’, de Peter Nicks
  • Prêmio especial do júri para conjunto de elenco: Emilia Jones, Eugenio Derbez, Troy Kotsur, Ferdia Walsh-Peelo, Daniel Durant e Marlee Matlin em ‘Coda’.
  • Prêmio especial do júri para melhor ator dramático americano: Clifton Collins, por ‘Jockey’, de Clint Bentley
  • Roteiro: ‘On the Count of Three’, de Jerrod Carmichael, roteiristas: Ari Katcher e Ryan Welch
  • Prêmio Inovação da mostra Next: ‘Cryptozoo’, de Dash Shaw, e diretor de animação Jane Samborski
  • Edição de documentário (Prêmio Jonathan Oppenheim): ‘Homeroom’, de Peter Nicks
  • Prêmio NHK: Meryman Joobeur, por ‘Motherhood’

Siga o Filmelier no FacebookTwitterInstagram e TikTok.

Publicidade