Intro Disney blu-ray

Com Disney+ a caminho, Disney retira todos os seus filmes do mercado brasileiro

Filmes com a assinatura da Disney foram retirados de plataformas de compra e aluguel, assim como de serviços de streaming por assinatura e da TV paga

1 de outubro de 2020 17:34
- Atualizado em 5 de outubro de 2020 10:49

Com a chegada do serviço de streaming Disney+ cada vez mais próxima, a empresa do Mickey Mouse está preparando o terreno. Ao longo desta semana, a Disney começou a retirar os seus filmes do mercado brasileiro. Agora, quem quiser ver a maioria das produções do estúdio não as encontra mais – seja online para compra, aluguel ou assinatura, e até mesmo na TV paga.

Nesta quinta-feira, 1º, quase todos os filmes da Disney já sumiram das plataformas de video on demand, como Apple TV/iTunes, Google Play ou NOW. Até mês passado, essas produções estavam disponíveis para compra ou aluguel.

Vale dizer que quem comprou os filmes no passado continua com acesso liberado, pois não há qualquer mudança no que já está na biblioteca de cada um. Porém, não é possível fazer novas compras ou alugueis.

Para priorizar Disney+, empresa está promovendo uma retirada em massa de filmes de plataformas digitais (Foto: Divulgação/Disney)

Publicidade

É a primeira vez que um estúdio promove uma debandada inclusive em plataformas de TVOD, as que permitem a compra ou aluguel de filmes separados, de maneira individual. Isso indica que a Disney visa fortalecer o seu serviço de streaming ao máximo, sem nenhum possível concorrente – além de usar a escassez como arma, ao menos neste primeiro momento.

Dentre os excluídos, estão as animações clássicas, a franquia ‘Star Wars’ e até mesmo algumas produções da antiga Fox. Os filmes da Marvel, com exceção dos títulos sob domínio da Sony Pictures, também não estão mais disponíveis para compra ou aluguel. Neste momento, há algumas exceções em algumas plataformas, mas a retirada desses longas é uma questão de tempo.

Netflix e Amazon Prime Video

Adentrando ao streaming por assinatura, a parceria entre o Mickey Mouse e o Amazon Prime Video também acabou com a entrada do mês de outubro. Depois de um longo período hospedado no concorrente, o catálogo da Disney deu adeus e deixou o serviço de streaming para levar o conteúdo ao Disney+.

Outros filmes sob domínio da Disney em outros serviços de streaming também se despediram. No Telecine, por exemplo, a franquia ‘A Era do Gelo’ saiu do catálogo nesta quinta-feira, 1. Na HBO Go, alguns títulos que antes estavam disponíveis, como ‘A Bela e a Fera’, também saíram.

Disney+ e suas cinco marcas: Disney, Pixar, Marvel, Star Wars e National Geographic
‘Star Wars’, filmes da Marvel e produções da Pixar também sofreram impacto da chegada do Disney+ (Foto: Divulgação/Disney)

Em nota, a empresa disse que o “Disney+ se tornará a primeira e única opção de streaming com presença exclusiva de todo o conteúdo cinematográfico disponível de nossas marcas. Disney+ também será o único serviço a oferecer o catálogo completo de todos os filmes da Disney, Pixar, Marvel e Star Wars com acesso ilimitado e permanente para seus assinantes. Além disso, ele reúne todos os clássicos da animação da Disney pela primeira vez em um destino exclusivo. A proposta de entretenimento será complementada com uma oferta robusta de séries e filmes originais do Disney+, com uma variedade de títulos que só podem ser vistos na nossa plataforma, bem como conteúdos originais produzidos localmente em vários países da região para os mais diversos públicos”.

TV Paga

Quem quiser recorrer à TV paga também não encontrará nada. O grupo do Mickey Mouse promoveu, no último mês, uma “maratona de despedida” dos filmes da Pixar da programação dos canais Disney. Como definiu a comunicação para a imprensa, o evento foi “onde os fãs poderão ver as produções Pixar pela última vez, antes da chegada do Disney+”.

Por fim, vale ressaltar que a Disney está se afastando da mídia física. Depois de afirmar que não daria mais prioridade para o formato, a empresa acabou com um contrato de distribuição na América Latina com a Cinecolor. Com isso, não há mais garantia de DVDs e Blu-Rays no país.

Agora, para quem não tem os títulos da Disney em sua coleção privada física ou digital, resta apenas esperar a chegada do Disney+ ao nosso país, o que acontecerá em 17 de novembro.

Texto atualizado em 2 de outubro com o posicionamento da Disney.

Siga o Filmelier no FacebookTwitterInstagram e TikTok.