contagio

Diretor de ‘Contágio’ se diz surpreso: “pessoas não agem de forma racional quanto têm medo”

Steven Soderbergh disse que, ao escrever o filme, não levou em conta esse aspecto irracional da população

25 de maio de 2020 10:48

O filme ‘Contágio‘ voltou a entrar em discussão nas últimas semanas. Afinal, o público começou a traçar paralelos entre o longa e a pandemia que o mundo está vivendo de covid-19. No entanto, mesmo com ares de “premonição” no filme, o diretor Steven Soderbergh disse ao Los Angeles Times que foi pego de surpreso em algumas coisas.

“Tem sido fascinante ver aspectos dessa história que nós não levamos em conta. O comportamento sociológico, a reação das pessoas, dos países”, disse o cineasta. “Tem sido um lembrete de que as pessoas não agem de forma racional. Quando estamos com medo, somos profundamente ilógicos”.

Soderbergh é o diretor por trás de ‘Contágio’ (Crédito: Divulgação / Netflix)

Publicidade

Além disso, curiosamente, o diretor diz que há onze anos, quando o filme estava sendo escrito e produzido, especialistas já alertavam que uma pandemia poderia surgir dos chamados “wet markets”. São aqueles mercados chineses de venda de animais exóticos e pouco cuidado sanitário.

“Todos os especialistas disseram que poderia vir de lá”, disse Soderbergh, que escreveu o roteiro de ‘Contágio’ com Scott Z. Burns, parceiro de longa data. “Alguns até mesmo disseram que teria um morcego envolvido. Isso há mais de dez anos, quando estávamos fazendo as pesquisa para o filme”.