SXSW

Edição 2020 do SXSW é cancelada

Festival, que reúne cultura e inovação em Austin (Texas), não acontecerá por causa das preocupações com o novo coronavírus

6 de março de 2020 19:57
- Atualizado em 17 de junho de 2020 12:30

O calendário de festivais acaba de ter a sua primeira baixa importante. Está cancelada a edição de 2020 do South by Southwest, que reúne entretenimento (incluindo cinema), música e tecnologia sob o mesmo guarda-chuva. O SXSW, como é conhecido, iria acontecer entre 13 e 22 de março.

Por meio de comunicado, o evento anunciou que o cancelamento partiu da prefeitura de Austin, Texas, onde o SXSW acontece. O motivo é o surto do Covid-19 (o novo coronavírus) em todo o mundo – até agora, foram registrados mais de 100 mil casos confirmados, com 3.460 mortes. Nos Estados Unidos são 233 casos, com 14 óbitos, mas, de acordo com analistas, os números podem ser ainda maiores.

Sozinho, o evento movimenta um público estimado de 417 mil pessoas, sendo 159 mil apenas na parte musical do SXSW.

“Estamos devastados por compartilhar essa notícia com vocês”, afirmam os organizadores em um comunicado oficial. “Esta é a primeira vez em 34 anos que o evento de março não vai acontecer. Nós estamos trabalhando nas ramificações dessa situação sem precedentes”.

Publicidade

Antes do anúncio, empresas como Facebook, Netflix, Apple, Twitter, Amazon Studios e Starz já haviam cancelados seus planos para o festival.

O South by Southwest movimenta Austin de diversos jeitos, incluindo alguns bem malucos (crédito: Flickr / DieLaughing)

“Nós estamos explorando opções para reagendar o evento e trabalhando para fornecer uma experiência online virtual do SXSW assim que possível para os participantes de 2020”, continua a comunicado.

O SXSW é um momento importante da indústria do entretenimento, justamente por estar próxima das empresas de tecnologia – uma convergência cada vez maior no mundo do video on demand. É também o momento onde muitos filmes são exibidos pela primeira vez ao público, e também onde negócios são feitos.

“Nós entendemos a gravidade da situação para todos os criativos que utilizam a SXSW para acelerar suas carreira; para os negócios globais, e para Austin e as centenas de pequenos negócios – lugares, cinemas, vendedores, produtores, indústria de serviços, staff e outros parceiros que dependem do crescimento de negócios que a SXSW atrai”.

Crédito da foto principal: Flickr / Paul Hudson