both-sides-of-the-blade-synapse

Festival de Berlim 2022: ‘Both Sides of the Blade’ e curta brasileiro estão entre os premiados

‘Both Sides of the Blade’ rendeu o prêmio de melhor direção à Claire Denis

16 de fevereiro de 2022 17:56
- Atualizado em 18 de fevereiro de 2022 11:58

Nesta quarta-feira, 16, aconteceram as premiações da mostra competitiva do Festival de Berlim 2022. Dentre os premiados tem o drama espanhol ‘Alcarràs’, da diretora Carla Simón, Claire Denis com ‘Both Sides of the Blade’ e o curta-metragem ‘Manhã de Domingo’, do brasileiro Bruno Ribeiro.

'Both Sides of the Blade' tem direitos comprados pela Synapse Distribution
‘Both Sides of the Blade’ terá sua estreia comercial no segundo semestre de 2022 (Crédito: Divulgação/Synapse Distribution)

🎞  Quer saber as estreias do streaming e dos cinemas? Clique aqui e confira os novos filmes para assistir!

O júri desta edição foi presidido pelo cineasta indiano M. Night Shyamalan. Como citamos acima, a cineasta francesa Claire Denis recebeu o Urso de Prata de melhor direção por ‘Both Sides of the Blade’. Já Simón ficou com um dos prêmios mais prestigiados do evento, o Urso de Ouro, graças ao seu trabalho em ‘Alcarràs’.

Publicidade

O cultuado diretor sulcoreado Hong Sang-soo recebeu o Grande Prêmio do Júri por ‘The novelist’s film’, e ‘Robe of gems’, de Natalia López Gallardo, levou o Prêmio Especial do Júri. Já o brasileiro Bruno Ribeiro ficou com o Urso de Ouro pelo curta ‘Manhã de Domingo’.

“Eu recebi com muita emoção a seleção para Berlim. Abri recentemente uma produtora ao lado de três amigos e essa notícia veio dar uma segurança de que estamos fazendo a coisa certa e de que podemos nos lançar para esse futuro com um pouco mais de confiança”, disse Ribeiro em conversa ao O Globo. “Ser reconhecido por um festival como Berlim é realmente indescritível”.

Cena de ‘Manhã de Domingo’ (Crédito: Divulgação/Petropolitana)

As categorias de melhor atuação e melhor atuação coadjuvante, que não tem distinção de gênero, consagraram as atrizes Meltem Kaptan (‘Rabiye Kurnaz vs. George W. Bush’) e Laura Basuki (‘Before, now & then’), respectivamente.

O filme de Andreas Dresen, ‘Rabiye Kurnaz vs. George W. Bush’, também recebeu o Urso de Prata de melhor roteiro. Já ‘Everything will be ok’, de Rithy Panh e Sarit Mang, ficou com o prêmio por contribuição artística.

Siga o Filmelier no FacebookTwitterInstagram e TikTok.