mostra

Mostra de Cinema de SP pode ter edição online

Para diretora do festival, Renata de Almeida, Mostra Internacional de Cinema de São Paulo vai buscar alternativas para se concretizar

4 de junho de 2020 11:13
- Atualizado em 17 de junho de 2020 12:33

Por conta da pandemia do novo coronavírus, mostras e festivais de cinema ao redor de todo o mundo estão buscando alternativas. Cannes cancelou sua edição física, enquanto o SXSW aconteceu apenas no streaming. Aqui no Brasil, o Festival Internacional de Brasília abraçou totalmente o digital. Agora, a organização da Mostra de Cinema de São Paulo mira várias opções.

Em entrevista à Veja, Renata de Almeida, diretora do evento, admitiu que a Mostra pode recorrer às plataformas digitais para se manter. “Nós estamos estudando muitas possibilidades para ver como ela vai acontecer, mas que vai acontecer é um fato”, diz ela. “Existe a chance de ser online, mas somente se não pudermos fazer sessões ao ar livre, ou sequer drive-ins”.

Renata é diretora da Mostra (Crédito: Divulgação/Mostra Internacional de Cinema de São Paulo)

Publicidade

Anteriormente, a Mostra já tinha arriscado outros formatos e arrisca exibições em diversos espaços. Nos últimos anos, o evento fez exibições no vão do Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (Masp), no Parque do Ibirapuera e até na plataforma de streaming Mubi. Agora, para ocorrer entre 22 de outubro a 4 de novembro, deve expandir essa sua característica.

“Agora, uma das possibilidades mais executáveis é expandir esse lado da Mostra, já que a parte presencial vai ter que ser resolvida até meio que em cima da hora, dada a incerteza do momento”, afirma Renata. No entanto, mesmo assim, nada será como antes. Afial, a diretora da Mostra confirma: vai ter que seguir distanciamento social e uso de máscaras para todos.