netflix

Na América Latina, Netflix sozinha já tem quase a metade do número de assinantes da TV paga

Por questões regulatórias, o serviço de streaming divulgou o número de assinantes por região do globo

18 de dezembro de 2019 11:39
- Atualizado em 19 de dezembro de 2019 10:47

Pela primeira vez a Netflix divulgou o número de assinantes por região do planeta – foi uma questão regulatória, em documento enviado à SEC, Comissão de Títulos e Câmbio dos Estados Unidos, uma espécie de CVM do país. De acordo com o documento, dos quase 160 milhões de assinantes do serviço de streaming em 190 países, 29,38 milhões estão na América Latina.

O número é quase a metade do total de assinantes de TV paga na nossa região – de acordo com a consultaria Dataxis, são 71,4 milhões de assinantes nesta modalidade de serviço na LatAm. Mercados como Brasil, Venezuela e México estão encolhendo. Ao mesmo tempo, a Netflix informa que cresceu 22% na região como um todo em 2018.

De acordo com o consultor Benjamin Swinburne, da Morgan Stanely (via The Wall Street Journal), quase 40% das casas com banda larga na América Latina assinam a Netflix.

Sede da Netflix em Los Gatos, Califórnia

Há, no entanto, outros desafios para a gigante do vídeo on demand. Um deles é que a receita média por assinante na nossa região é de US$ 8,21, contra US$ 12,36 do assinante nos EUA e Canadá – uma diferença de quase 51%. Ainda de acordo com o WSJ, pesa aí a necessidade de criar conteúdo específico para estes mercados regionais.

Publicidade

Para novembro de 2020 está programado o lançamento do Disney+ na região. Isso, somada a competição da Amazon Prime Video e de grupos regionais, pode ou não mexer nesses números. Há ainda a chegada do HBO Max, ainda sem previsão de data no Brasil.

No resto do mundo surgem outros desafios para a empresa americana. Entre eles, a região da Ásia e do Pacífico, que ficou na laterna entre os dados divulgados. A Netflix ainda não está presente na China, que tem a maior população do mundo, com 1,4 bilhão de pessoas. Já na Índia, a segunda maior população (com 1,35 bilhão), a plataforma enfrenta uma ferrenha competição local. São mais de 50 serviços presentes no país – e a Netflix é apenas a sétima.

A seguir, o total de assinantes da Netflix  por região. Os dados são referentes à 30 de setembro passado.

  • Estados Unidos e Canadá: 67,114 milhões
  • Europa, Oriente Médio e África: 47,355 milhões
  • América Latina: 29,38 milhões
  • Ásia e Pacífico: 14,485 milhões