Netflix HQ Los Angeles

Netflix quer reduzir emissão de gases poluentes

Netflix gerou cerca de 1,1 milhão de toneladas de gás carbônico em 2020; agora, empresa quer reduzir a emissão de gases de efeito estufa

Matheus Mans   |  
30 de março de 2021 16:21

A Netflix anunciou nesta terça-feira, 30, um plano de ação para reduzir a emissão de gases de efeito estufa na atmosfera e diminuir sua pegada de carbono. Assim, por meio de uma postagem no site institucional da empresa, a plataforma de streaming detalhou o passo a passo para isso.

Primeiramente, a Netflix quer cortar o uso de energia elétrica de fontes não renováveis, além de diminuir a emissão de gases em todas as suas operações – em ambos os casos, 45% até 2022. Também quer equipes locais de filmagens., já que grande parte da poluição vem de produções originais.

Afinal, com filmagens no mundo inteiro, a empresa é responsável pelo transporte aéreo e terrestre de todos os seus colaboradores ao longo do ano.

Crianças assistindo produção original da Netflix
Produções originais da Netflix são as principais responsáveis pela pegada de carbono da empresa (Crédito: Divulgação/Netflix)

Por fim, a empresa destacou que já está trabalhando em um processo para cortar seus gastos com energia. Como parte disso, a Netflix substituiu suas lâmpadas incandescentes nos estúdios por LED. A ideia, assim, é gastar menos energia na produção de conteúdo e reciclar o descarte de lâmpadas.

Pegada da Netflix

Publicidade

Todo esse esforço surge após a Netflix constatar o tamanho de sua pegada de carbono. No mesmo documento que detalhou seus esforços, a empresa divulgou que gerou cerca de 1,1 milhão de toneladas de gás carbônico em 2020. Isso é o equivalente às emissões anuais de cerca de 240 mil carros.

Além disso, a empresa compartilhou que registrou uma poluição 14% menor em 2020 do que o relatado em 2019. No entanto, a Netflix logo tratou de dizer que esse efeito aconteceu por conta da pandemia do novo coronavírus, que paralisou gravações, e não por algum esforço anterior.

Siga o Filmelier no FacebookTwitterInstagram e TikTok.