resgate

Paulo Coelho acusa filme da Netflix de plágio

Escritor brasileiro disse, em sua conta no Twitter, que o filme ‘Resgate’ usou uma frase de ‘Diário de um Mago’ sem dar os créditos

Matheus Mans   |  
27 de abril de 2020 11:13
- Atualizado em 17 de junho de 2020 12:38

O mundo zen de Paulo Coelho entrou em choque com um filme de ação da Netflix. O motivo é uma frase do escritor, do livro ‘Diário de um Mago’, usada sem permissão em uma troca de diálogos no recente longa ‘Resgate‘.

A denúncia de plágio partiu do próprio Paulo Coelho, que usou suas redes sociais para comentar o ocorrido. Segundo ele, a frase “Você não se afoga caindo em um rio, mas ficando submerso nele” foi usada sem os créditos.

Em inglês e usando um tom irônico, o escritor disse que “esqueceram de dar o crédito, o que não é um problema” e sugeriu que os roteiristas procurem no Google diversos cartões digitais, feitos por fãs, com a frase em questão.

Publicidade

A Netflix, até o momento, não se pronunciou sobre esta nova polêmica.

Paulo Coelho e Netflix

O filme ‘Resgate’ conta com uma grande produção por trás. Afinal, ainda que dirigido pelo estreante Sam Hargrave, o longa-metragem conta com a produção dos irmãos Russo (diretores de ‘Vingadores: Ultimato’). Além disso, é protagonizado pelo ator Chris Hemsworth, o intérprete do Thor. Clique aqui para ler mais sobre o filme, assistir ao trailer e muito mais.

Enquanto isso, Paulo é o autor brasileiro mais traduzido e vendido no mundo, fazendo sucesso em países como França, Croácia, Grécia e Polônia. Para ter uma ideia, ‘Diário de um Mago’, livro de onde a frase não creditada no filme foi tirada, foi traduzido para mais de 40 idiomas, por exemplo.