ray-liotta

Ray Liotta, de ‘Os Bons Companheiros’, morre aos 67 anos

O ator morreu na República Dominicana, onde estava trabalhando em um filme

26 de maio de 2022 13:37
- Atualizado em 27 de maio de 2022 16:46

Notícia triste para os fãs de cinema, Ray Liotta morreu aos 67 anos. O ator era muito conhecido pelo clássico de máfia ‘Os Bons Companheiros’, de Martin Scorsese. Segundo o Deadline, o ator faleceu enquanto dormia na República Dominicana, onde estava filmando ‘Dangerous Waters’.

Ray Liotta em ‘Os Muitos Santos de Newark’ (Crédito: Divulgação/HBO MAX)

Liotta vinha de uma ótima fase, recentemente ele protagonizou ‘Os Muitos Santos de Newark’, ‘História de um Casamento’ e ‘Nem Um Passo em Falso’. Ele também estrelou com Taron Egerton a série da Apple TV+, ‘Black Bird’. Ray Liotta tinha acabado de filmar ‘Cocaine Bear’, dirigido por Elizabeth Banks, e estava cotado para estrelar um projeto com Demi Moore e Margaret Qualley.

Publicidade

Ray Liotta é ganhador do Emmy de Melhor Ator Convidado em Série Dramática, por sua participação na série ‘Plantão Médico’, e foi indicado ao Globo de Ouro de Melhor Ator Coadjuvante pelo filme ‘Totalmente Selvagem’ (1986), de Jonathan Demme.

O ator nasceu em Newark, Nova Jersey, e foi adotado aos seis meses de idade por Mary Liotta e Alfred Liotta, filho de imigrantes italianos. Ele se formou em belas artes na Universidade de Miami, se mudou para Nova York e trabalhou como garçom durante alguns meses até conseguir um agente.

Um dos primeiros trabalhos dele foi na novela ‘Another World’, de 1978 até 1981. Ele estreou no cinema em ‘The Lonely Lady’, em 1983. Mas seu primeiro papel principal veio em ‘Totalmente Selvagem’ e foi bastante elogiado. Nos anos 1990, Liotta deu vida ao mafioso Henry Hill, que existiu de fato, no filme de Martin Scorsese, ‘Os Bons Companheiros’.

Ray Liotta Os Bons Companheiros
Ray Liotta em ‘Os Bons Companheiros’, clássico de Scorsese (Crédito: Divulgação/Warner Bros.)

Ao longo dos anos, o ator fez diversas produções e trabalhou com grandes estrelas de Hollywood. Com Kurt Russell ele estrelou ‘Obsessão Fatal’ (1992); em ‘Cop Land’ (1997) atuou junto a Sylveter Stallone e Robert De Niro; ele também trabalhou com Anjelica Huston em ‘Phoenix: A Última Cartada’ – onde foi elogiado por sua performance.

Nos anos 2000, Ray Liotta se juntou ao elenco de ‘Plantão Médico’ e ganhou um Emmy por sua participação especial, como foi supracitado. Em 2004, Liotta fez sua estreia na Broadway, na peça de ‘Match’, de Stephen Belber. Já em 2011, ele atuou com Al Pacino no filme ‘The Son of No One’.

Com Jennifez Lopez, Ray Liotta estrelou a série ‘Shades of Blue’, de 2016 até 2018. E a partir de 2019, voltou a emplacar diversos outros filmes, os já citados ‘História de um Casamento’, ‘Nem Um Passo em Falso’ e ‘Os Muitos Santos de Newark’.

Uma triste perda para o mundo do cinema. Ray Liotta deixa a filha, Karsen, e a noiva Jacy Nittolo.

Siga o Filmelier no FacebookTwitterInstagram e TikTok.