ronaldo-o-fenomeno-globoplay

Após estreia de documentário, Ronaldo não descarta cinebiografia: “Seria bacana também”

‘Ronaldo, o Fenômeno’ estreia nesta sexta, 21, no Globoplay – e o craque afirma que ainda tem muita história para contar

21 de outubro de 2022 15:02

O futebol é uma paixão nacional e não há dúvida disso. Em ano de Copa do Mundo, o coração do brasileiro fica ainda mais apertado – tanto pelo contexto político do país, quanto pela esperança de conquista do hexacampeonato mundial. Parte desses sentimentos, que deixam qualquer fã do esporte arrepiado, está presente em ‘Ronaldo, o Fenômeno’, documentário da Globoplay sobre um dos maiores jogadores do mundo.

O filme chega ao streaming nesta sexta-feira, 21, e ontem à noite, 20, aconteceu a coletiva de imprensa com a presença de Ronaldo. O Filmelier estava presente e acompanhou de perto o fenômeno que é conhecer uma das figuras mais icônicas do futebol.

‘Ronaldo, o Fenômeno’ narra parte da trajetória do jogador. Com o foco nas Copas de 1994, 1998 e 2002, mostrando toda a jornada do atleta até a conquista do pentacampeonato mundial de futebol. A produção conta com depoimentos dos craques Roberto Carlos, Zidane, Romário, Bebeto, além do técnico Felipão e da mãe de Ronaldo, Sônia dos Santos.

Ronaldo não descarta ideia de cinebiografia: "Seria bacana também"
Ronaldo Nazário no documentário ‘Ronaldo, o Fenômeno’ (Crédito: Divulgação/Globoplay)

🎞  Quer saber as estreias do streaming e dos cinemas? Clique aqui e confira os novos filmes para assistir!

Publicidade

Antes da coletiva, ex-jogador entrou na sala de imprensa, cumprimentou quem estava presente e se sentou pronto para começar a roda de perguntas. Grande parte ele respondeu no modo automático, até se soltar e contar sobre os futuros planos de fazer um filme ficcional sobre sua carreira.

“Eu acho que ainda tenho muita história para contar, há dez anos eu parei de jogar disposto a escrever uma outra história, em outra posição, mas dentro da mesma indústria, que é o futebol. Tem muita coisa pela frente que ainda quero contar e, com certeza, a minha história com atores seria bacana também. A gente vai pensar mais frente em outro projetos”.

“Eu acho que ainda
tenho muita história
para contar”

Ronaldo comentou também sobre a honra que é ser uma referência para os novos atletas. Recentemente, Karim Benzema ganhou a Bola de Ouro, prêmio de futebol criado pela revista francesa France Football, e rasgou elogios ao Ronaldo, de quem frisou ser fã.

E quanto ao hexa? “A torcida brasileira é muito exigente quando falta resultado”, disse Ronaldo, relembrando que na Copa de 1994 o Brasil não ganhava nada há anos e conseguiu levar o tetracampeonato nos Estados Unidos. “Na Copa do Mundo, a seleção brasileira vai ter o apoio da nação brasileira”, completou.

Ele também reforçou sobre a importância da saúde mental, o jogador passou por um estresse absurdo no mundial de 1998.

“Quando tive convulsão [no dia anterior a final da Copa do Mundo de 1998], não se falava sobre a saúde mental dos atletas. Não havia essa preocupação. Era uma geração diferente, criada de uma certa forma no militarismo. Muitos preparadores físicos eram quase que generais. A gente tenta mostrar no filme como essa parte é fundamental. A geração de hoje tem essa preocupação com a saúde mental, o que é importante”, pontuou.

Ronaldo e Roberto Carlos discutem o acontecimento da Copa de 1998 em ‘Ronaldo, Fenômeno’ (Crédito: Divulgação/Globoplay)

O documentário traz aquela emoção de reviver três finais de mundiais seguidas, algo inédito para muitas gerações. Não temos esse gostinho desde 2002, são 20 anos. Milhares de jovens não tem a menor a ideia de como é acordar de madrugada para torcer pelo time brasileiro – e neste caso, torcer para trazer a taça do mundo para casa.

‘Ronaldo, o Fenômeno’ começa em 1994 e vai até 2002, com a consagração do jogador ganhando a Copa Mundo e recuperado de um cirurgia que o deixou fora dos gramados por quase dois anos. Época de ouro do futebol brasileiro e uma das fases mais dramáticas na vida de Ronaldo, ainda que tenha um final feliz. É um ótimo esquenta para o mundial, que começa em 20 de novembro, no Catar.

O longa traz imagens inéditas de Ronaldo também em sua trajetória na Europa, seus anos na Inter de Milão, os problemas no joelho e um pouco do relacionamento com Milene Domingues, sua ex-esposa e mãe de seu primeiro filho, Ronald Nazário de Lima.

‘Ronaldo, o Fenômeno’ é praticamente um filme obrigatório para fãs de futebol e do Ronaldo. Para mais informações do documentário, incluindo link para assistir, clique aqui.

Siga o Filmelier no FacebookTwitterInstagram e TikTok.