pitada-de-sorte

“Precisava de uma história com minha identidade”, diz Fabiana Karla sobre ‘Uma Pitada de Sorte’

Longa-metragem de Pedro Antônio Paes fala sobre superação e realização de sonhos, sempre com uma pitada de sorte na história

Matheus Mans   |  
15 de setembro de 2022 17:03

Pérola (Fabiana Karla) vive com sua mãe (Jandira Martini) em busca de um sonho. Apesar de trabalhar nas festas que o negócio da família organiza, principalmente se vestindo como personagens e animais, ela sonha em seguir a carreira da gastronomia. Mas as coisas não estão fáceis: ela foi demitida do restaurante em que trabalhava e, agora, parece que a única saída é ser a assistente popular e atrapalhada de um chef famoso e conceituado (Iván Espeche) em um programa de culinária na TV. Essa é a trama de ‘Uma Pitada de Sorte’, estreia dos cinemas desta quinta-feira, 15.

Dirigido por Pedro Antônio Paes (‘Altas Expectativas’, ‘Um Tio Quase Perfeito 2‘), o longa-metragem fala essencialmente sobre superação e perseguir o próprio sonho. Curiosamente, a história foi moldada ao redor da atriz Fabiana Karla. “Eu vi a Fabiana Karla e falei que queria fazer um filme com ela. Não tinha história. A história era ela. Aí fizemos um roteiro para ela, algo que não é comum no cinema brasileiro”, contextualiza a produtora do longa-metragem, Glaucia Camargos (de ‘A Última Chance’, ‘Aparecida: O Milagre’), em entrevista coletiva de imprensa.

Jandira Martini é uma das almas de Uma Pitada de Sorte (Crédito: Divulgação/Globo Filmes)
Jandira Martini é uma das almas de ‘Uma Pitada de Sorte’ (Crédito: Divulgação/Globo Filmes)

🎞  Quer saber as estreias do streaming e dos cinemas? Clique aqui e confira os novos filmes para assistir!

Publicidade

Para Fabiana, foi uma oportunidade e um susto. “Uma coisa é ter um roteiro e escolher um artista a partir daquela necessidade. Mas o processo foi inverso. Ela tinha desejo de trabalhar comigo e criamos algo ao redor. Era algo muito valioso e que me deu muita responsabilidade”, diz a atriz, que está em seu segundo protagonismo nas telas depois de ‘Lucicreide Vai pra Marte‘. “Foram vários tratamentos de roteiro para eu pudesse me sentir dentro da personagem. Precisava de uma história com minha identidade. Hoje, me emociono e me pergunto se consigo fazer isso de novo”.

‘Uma Pitada de Sorte’, entre realismo e ficção

Na coletiva de imprensa, a palavra de ordem era uma só: realismo. Afinal, é uma comédia de situação, que brinca com a realidade dessa personagem interpretada por Fabiana. Quem mais falou sobre isso foi Jandira Martini (a eterna Zoraide de ‘O Clone’), que interpreta a mãe ufanista — mas não conservadora — de Pérola. Ela insiste que o pequeno Fred (JP Rufino) precisa ler Machado de Assis e deixar besteiras de zumbis pra lá. Ah, e quando as pessoas falam sobre ‘Star Wars’, ela logo corrige, apressada em deixar as línguas estrangeiras para lá: “o certo é ‘Guerra nas Estrelas’.

“Quando Pedro me convidou, fiquei em dúvida por conta da personagem. Será que eu sabia fazer isso? É tudo absolutamente verdadeiro, real”, comenta Jandira Martini, durante a coletiva de imprensa. “O sucesso de ‘Uma Pitada de Sorte’ vem da comédia sem exagero, sem chanchada. Comédia de verdade. A relação mãe e filha é algo normal, que acontece muito, em que paramos de enxergar o outro. A mãe quer que o filho caminhe para o que ela acha que é o bom caminho. As pessoas se identificam com isso de esquecer o outro. Você quer que o filho seja um espelho seu”.

Curiosamente, justamente a personagem de Jandira é um espelho do pai do cineasta Pedro Antônio Paes, o também diretor Paulo Thiago, morto em 2021 e que comandou filmes do calibre de ‘Sagarana: O Duelo’ e, justamente, ‘Policarpo Quaresma, Herói do Brasil’. “O personagem da Jandira é meu pai. Colocava Machado de Assis para eu ler, gostava do Brasil, da bandeira. É uma super homenagem ao meu pai, que me formou como cineasta”, explica Pedro.

Fabiana Karla, enfim, torce para que o ‘Uma Pitada de Sorte’ inspire mulheres por aí. “Temos muitas Pérolas por aí, começando essa curva de maturidade, buscando os seus sonhos, acreditando. Espero que essas mulheres consigam atingir suas escolhas da melhor forma possível, que não percam a oportunidade de continuar sonhando”, contextualiza a atriz na coletiva. “Não podemos agradar todo mundo. Chega um momento que você precisa escolher. Precisa reverberar isso para outras pessoas. Fui a Pérola da vida real nesse sentido. Espero que as pessoas se libertem. Vamos descobrir muitas Pérolas. Espero que elas tenham muitas pitadas de sorte em suas vidas e atinjam seus objetivos”.

‘Uma Pitada de Sorte’ estreia esta quinta-feira, 15, nos cinemas. Se você quiser saber mais sobre o filme ou encontrar o link para comprar ingressos, clique aqui.

Siga o Filmelier no FacebookTwitterInstagram e TikTok.