LEGO

LEGO deixa a Warner e firma novo acordo com a Universal

Depois da realização de quatro filmes com a Warner Bros., inclusive com um deles com o Batman, a franquia LEGO passa a ter um novo lar

Matheus Mans   |  
24 de abril de 2020 12:06
- Atualizado em 17 de junho de 2020 12:21

Após quatro filmes de cinema relativamente bem sucedidos na Warner Bros. (fora algumas dezenas para o mercado de home video), a Universal Pictures firmou um acordo de cinco anos com a LEGO Group. A ideia, assim, é desenvolver uma nova franquia, do zero, inspirada nos bloquinhos coloridos e que coloque a marca de volta às telas do cinema.

De acordo com o site de notícias Deadline, essa movimentação só foi possível depois da Warner engavetar um novo projeto de filme com personagens LEGO. Com isso, uma cláusula de quebra de contrato entre as duas empresas foi ativada e a marca de brinquedos montáveis pode se aliar com a Universal.

Por enquanto, não há datas oficiais de lançamentos dos filmes ou, ainda, detalhes da franquia. O que se sabe, por enquanto, é que os produtores Dan Lin e Jonathan Eirich serão os responsáveis pela intermediação da marca.

Franquia de LEGO deixou a Warner Bros. (Crédito: Divulgação/Warner Bros. Pictures)

Impacto universal

Publicidade

Agora, as três empresas participam de uma movimentação interessante no mercado. Primeiramente, a Warner perde os direitos sobre uma animação que lhe rendeu indicação ao Oscar de Melhor Canção Original. Além disso, fica inviável fazer novos filmes com personagens da DC, como o Batman.

Resta saber, também, como fica a série de sucesso no games, que é produzida em conjunto com a Warner Bros. Interactive Entertainment – ainda que envolva licenciamentos de terceiros, incluindo a franquia ‘Jurassic World’ da própria Universal.

Quem sai com destaque é a Universal Pictures. Com esse novo acordo, a empresa passa a ter um tripé de produção de animações. Além da LEGO, o estúdio conta com a Illumination Entertainment (da franquia “Meu Malvado Favorito”) e a DreamWorks.

Dessa forma, o estúdio passa a ter uma rivalidade ainda mais direta com a Disney, que conta com o estúdio principal, a Pixar e, recentemente, com a Blue Sky — braço anteriormente da Fox e de filmes como ‘A Era do Gelo’.