liga-justica

Versão de Zack Snyder para ‘Liga da Justiça’ será lançada em 2021

A já mitológica versão do cineasta será lançada diretamente no serviço de streaming HBO Max

20 de maio de 2020 16:04
- Atualizado em 17 de junho de 2020 12:39

Após muita polêmica e discussão, a versão de Zack Snyder para o filme ‘Liga da Justiça‘ finalmente verá a luz do dia. O longa-metragem deve estrear diretamente no HBO Max, serviço de streaming da Warner Media, ainda em 2021. As informações já foram confirmadas e divulgadas pela Warner.

A revelação aconteceu durante uma live do cineasta na rede social Vero. Ao ser questionado sobre o futuro da versão do diretor, Snyder mostrou o “rolo” do filme com seu corte, dizendo que precisava de um lugar apropriado para exibi-lo. Depois, mostrou a arte da versão para o HBO Max.

De acordo com o Hollywood Reporter, a Warner Bros. vai injetar US$ 20 milhões para gravações de novos diálogos com o elenco original. Além disso, segundo a reportagem, a versão de Zack Snyder não tem formato definido. Pode ser lançada como minissérie ou como um filme mais longo.

Publicidade

Ainda não há informações concretas, porém, da data exata de lançamento. O serviço de streaming deve chegar ao Brasil antes da Europa, em 2021.

Bastidores de ‘Liga da Justiça’

Zack Snyder era o diretor original de ‘Liga da Justiça’, lançado em 2017. No entanto, por conta do suicídio de sua filha, ele se viu obrigado a abandonar o projeto. Quem assumiu foi Joss Whedon (‘Os Vingadores‘), que promoveu uma série de regravações (seguindo, inclusive, novas diretrizes do estúdio) e entregou uma versão que deixou os fãs descontentes. Queriam ver o corte de Snyder.

Assim, desde então, surgiu a campanha “Release The Snyder Cut”, que exigia a divulgação da versão do cineasta. Nos últimos tempos, o próprio elenco do filme começou a apoiar e a divulgar o movimento, com declarações em redes sociais de Gal Gadot, Henry Cavill e Jason Momoa.

Todos de olho no HBO Max

É bom ressaltar que a manobra da Warner não vem, apenas, para deixar esses fãs felizes. Também é uma forma de promover o novo serviço de streaming do grupo com um filme que tem um interesse represado, que deverá turbinar o número de novas assinaturas.

Não é nem a primeira vez que o estúdio promove esse tipo de estratégia.

Zack Snyder dirigindo Ben Affleck e Gal Gadot no set de ‘Liga da Justiça’ (crédito: divulgação / Warner Bros.)

Superman II: A Aventura Continua‘ também teve problemas durante as gravações, com o diretor Richard Donner substituído por Richard Lester – que promoveu uma série de regravações, mudou cenas e trocou pontos-chave da história.

Em 2006, o editor Michael Thau resgatou nos arquivos da Warner cenas o suficiente para relançar o que seria a visão original de Donner. ‘Superman II: The Richard Donner Cut’ foi, então, lançado em DVD e em HD DVD, na época uma nova mídia, como mais uma forma de promovê-la.

Para quem não conhece ou lembra, existia uma guerra de formatos de mídia física em alta resolução na segunda metade da década de 2000. A Warner Bros. ficou ao lado do consórcio que promovia o HD DVD, enquanto o outro lado tinha a Sony e o seu Blu-ray disc. Todos os filmes em alta resolução da empresa do Pernalonga, naquele tempo, eram exclusivos do disco desenvolvido pela Toshiba.

O resultado todo mundo sabe: nem a ajuda do Homem de Aço foi o suficiente para fazer com que o HD DVD fosse adotado pela maioria, e a guerra de formatos foi vencida pelo Blu-ray. Levaria mais algum tempo para a WB finalmente adotar a mídia desenvolvida pela Sony, com a o longa restaurado sendo disponibilizado em Blu-ray anos depois.

Ainda que com muito mais peso, quase 15 anos depois uma nova versão de um filme com o Superman surge para ajudar a popularizar uma nova mídia – no caso, a plataforma de streaming da WarnerMedia. Resta saber se o desfecho será diferente.