Pixel do Facebook

Tenet

Christopher Nolan
TenetTenet
(2020)

Trailer

Sinopse

Armado somente com uma palavra,Tenet, e lutando pela sobrevivência da humanidade, o Protagonista viaja pelo mundo sombrio da espionagem internacional em uma missão que se desdobrará em algo que vai além da noção conhecida de tempo.

Ficha técnica

Por que assistir a este filme?

Christopher Nolan é fascinado pelo tempo. Falou sobre a confusão mental entre dia e noite em ‘Insônia’, mergulhou no tempo próprio dos sonhos em ‘A Origem’ e, ainda, quebrou a lógica do tempo-espaço em ‘Interestelar’. Agora, em ‘Tenet’, ele brinca com o caminhar do relógio como nunca antes. Assim como o próprio título pode ser lido de trás pra frente, toda a trama tenta seguir a mesma lógica com um filme “dois em um”: além da trama linear e tradicional, ainda encontramos uma outra história desavisada, vinda na direção contrária. O espetáculo visual é indiscutível, com alguns efeitos surpreendentes e de cair o queixo. No entanto, pode-se dizer que este é o filme mais explosivo do diretor, pro bem e pro mal. Aqui, afinal, ele exagera em alguns momentos, criando cenas dignas da franquia ‘Velozes & Furiosos’ — a cena dos caminhões na estrada é o exemplo mais claro disso. A confusão da narrativa é exagerada, exigindo uma revisão da história logo que os créditos sobem. E muita coisa é resolvida de maneira simplória. No entanto, ainda assim, as boas atuações de John David Washington (‘Infiltrado na Klan’) e Robert Pattinson (‘O Farol’) elevam a força do filme para outro patamar. E se você gosta de filmes que não se preocupam em explicar toda sua complexidade, pode ser que sinta alguma atração por esse quebra-cabeça que beira o limite da incompreensão. Um espetáculo, sim. Mas talvez um pouco “too much”, no final.

Matheus Mans

Matheus Mans

Editor do Filmelier

Onde assistir?

Indisponível nos cinemas

Publicidade