Festim Diabólico

Alfred Hitchcock
Festim DiabólicoFestim Diabólico
(1948)

Trailer

Sinopse

Dois amigos matam um colega da escola apenas para terem a sensação de praticar um assassinato e provar que conseguem realizar o crime perfeito. Para desafiar os amigos e a família, resolvem convidá-los para uma reunião no apartamento deles, onde colocam a comida em cima de um baú e dentro do mesmo está o corpo da vítima.

Ficha técnica

Por que assistir a este filme?

Se você não acredita que Alfred Hitchcock foi capaz de mudar a história do cinema, certamente mudará de opinião depois de assistir ao ‘Festim Diabólico’. Esse clássico do suspense foi uma das primeiras tentativas de um filme em plano sequência e mesmo tendo sido feito em 1948, o resultado é ótimo. Claro que na verdade foram 10 planos que juntos dão a ilusão de estarmos vendo uma sequência. A produção também marca a primeira vez em que o cineasta trabalhou com Technicolor, processo que coloria os filmes. Hitchcock pode não ter ficado satisfeito com ‘Festim Diabólico’, mas seus fãs ficaram. Baseado em uma peça de 1929 escrita pelo romancista inglês Patrick Hamilton, a história logo de cara mostra dois amigos matando um colega de classe e escondendo o corpo em um baú, no meio da sala. Um deles, o mais sádico, decide dar uma festa enquanto o cadáver estará escondido durante todo o evento. A ideia deles era fazer o crime perfeito, a trama se desenvolve em torno disso. Talvez, esse seja um dos longas-metragens mais psicológicos de Alfred Hitchcock. Apresenta diálogos profundos e extremamente bem construídos e há um subtexto de que os dois protagonistas são gays - o que seria um escândalo para quem percebeu isso na época. Simplesmente, um filme genial e um dos mais interessantes de Hitchcock.

Raíssa Basílio

Raíssa Basílio

Redatora do Filmelier

Onde assistir?

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Indisponível nos cinemas

Publicidade