A Princesa da Yakuza

Vicente Amorim
A Princesa da YakuzaA Princesa da Yakuza
(2021)

Trailer

Sinopse

A herdeira da metade do sindicato do crime Yakuza forja uma aliança com um estranho amnésico que acredita que uma antiga espada une seus dois destinos. Ela deve desencadear uma guerra contra a outra metade do sindicato que a quer morta.

Ficha técnica

Por que assistir a este filme?

Apesar de ‘A Princesa da Yakuza’ ser um filme dirigido por Vicente Amorim (‘Motorrad’), baseado em um mangá brasileiro e se passar totalmente no bairro da Liberdade, em São Paulo, a história não poderia ser menos brasileira. Afinal, a trama acompanha a história de uma das herdeiras da Yakuza que, para sobreviver na guerra que está se armando entre as gangues japonesas, forja uma aliança com um estranho amnésico que acredita que uma antiga espada une seus dois destinos. Com um visual neon marcante e uma trama que se assemelha à história de ‘Kill Bill’, o longa-metragem aposta quase que totalmente na estética e nas boas cenas de ação (a cena da escada é excepcional!) para prender o espectador. A falta de identidade da produção e o ritmo exageradamente lento, tentando homenagear produções japonesas do século passado, pode afugentar alguns espectadores que buscam filmes com mais adrenalina. Ainda assim, é um bom exemplar da produção de gênero brasileira e, sem dúvida, vai agradar quem gosta de filmes sobre cultura e sociedade japonesa -- com principal atenção à violência, lembrando ainda mais o filme de Tarantino.

Matheus Mans

Matheus Mans

Editor do Filmelier

Onde assistir?

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Indisponível nos cinemas

Em breve em casa

Publicidade