iBest
A TeiaA Teia
(2024)
Fechar vídeo

A Teia

Ex-detetive de homicídios Roy Freeman revisita caso do passado ao lutar contra Alzheimer e descobre uma complexa teia de mentiras.

Trailer

Por que assistir a este filme?

A Teia (Sleeping Dog) quase te transporta para o início dos anos 2000. Protagonizado por Russell Crowe (Gladiador), o longa-metragem é daqueles suspenses bem tradicionais que passavam na madrugada da televisão aberta e que deixavam o público vidrado até o final. Por aqui, Crowe interpreta um investigador com Mal de Alzheimer que é confrontado com uma investigação do passado e que, apesar de todos seus problemas de memória, precisa entender o que aconteceu lá atrás. Cheio de reviravoltas, o filme brinca com as expectativas do espectador. Pode até ser banal (e ter uma atuação terrível de Karen Gillan, de Guardiões da Galáxia), mas é um filme que diverte, faz passar o tempo e retoma o clima desses suspenses de décadas atrás. Leia a crítica completa do filme A Teia.

Matheus Mans

Matheus Mans

Editor do Filmelier

Sinopse do filme

O ex-detetive de homicídios Roy Freeman passa por um tratamento revolucionário para Alzheimer quando é chamado para reexaminar um brutal caso de seu passado. Intrigado e lutando para recuperar sua memória, Roy pede a ajuda de seu ex-parceiro para retomar a investigação envolvendo um condenado no corredor da morte, que ele prendeu dez anos atrás e que alega inocência. À medida que novos elementos surgem, uma complexa teia de mentiras se revela, forçando Roy a enfrentar uma terrível realidade que muda o seu mundo para sempre.

Compartilhar

Onde assistir?

Fora de cartaz nos cinemas