1D274907547473-today-moore-150105-01

Julianne Moore será presidente do júri no Festival de Veneza 2022

A atriz tem uma história de longa data com o festival, já foi premiada duas vezes

15 de julho de 2022 13:20

Nesta sexta-feira, Julianne Moore foi anunciada como presidente do júri do 79º Festival Internacional de Cinema de Veneza, que acontece de 31 de agosto a 10 de setembro.

Ela se juntará ao diretor argentino Mariano Cohn, o diretor italiano Leonardo Di Costanzo, o diretor francês e vencedor do Leão de Ouro 2021 Audrey Diwan, à atriz iraniana Leila Hatami, ao escritor nipo-britânico Kazuo Ishiguro e ao diretor espanhol Rodrigo Sorogoyen.

O júri concede o Leão de Ouro de Melhor Filme, Leão de Prata – Grande Prêmio do Júri, Leão de Prata de Melhor Diretor, Copas Volpi de Melhor Atriz e Melhor Ator, Prêmio Especial do Júri, Prêmio de Melhor Roteiro e o Prêmio Marcello Mastroianni de Melhor Novo Ator Jovem ou atriz.

Julianne Moore será presidente do júri no Festival de Veneza 2022
Julianne Moore já foi premiada em Veneza, em 2022 e em 2017 (Crédito: Divulgação/Sony Pictures Classics)

Julianne Moore tem uma história de longa data com Veneza, tendo ganho o Volpi Cup de Melhor Atriz por sua atuação em ‘Longe do Paraíso’, em 2002, e o Prêmio Franca Sozzani por ‘Suburbicon: Bem-vindos ao Paraíso’, em 2017.

Publicidade

Quanto ao resto do júri, Mariano Cohn esteve em Veneza no ano passado com ‘Official Competition’, estrelado por Penélope Cruz, Antonio Banderas e Oscar Martínez, que co-dirigiu com Gastón Duprat. Já Leonardo Di Costanzo apresentou seu longa de estreia ‘The Interva’l na Mostra Orrizonti em 2012 e ‘The Inner Cage’ estreou fora de competição em Veneza em 2021.

Quanto a Audrey Diwan, ela se consagrou com Leão de Ouro, em 2021, por ‘O Acontecimento’, filme sobre aborto baseado no livro da escritora Annie Ernaux. A atriz Leila Hatami é reconhecida internacionalmente por seu papel no drama ‘A Separação’, de Asghar Farhadi, vencedor do Urso de Prata.

Kazuo Ishiguro é um escritor famoso pelas premiadas adaptações de seus romances ‘Os Vestígios do Dia’ e ‘Não me Abandone Jamais’. Enquanto os trabalhos mais recentes do cineasta espanhol Rodrigo Sorogoyen incluem ‘O Candidato’, que ganhou sete prêmios Goya em 2019, e ‘Madre’, que estreou mundialmente na Mostra Orrizonti de Veneza, com Marta Nieto levando o prêmio de melhor atriz.

Como citamos acima, a 79º edição do Festival Internacional de Cinema de Veneza acontece de 31 de agosto a 10 de setembro.

Siga o Filmelier no FacebookTwitterInstagram e TikTok.