luca-disney-header

‘Luca’, nova animação do Disney+, é sobre aceitar nossas diferenças, diz diretor

O cineasta Enrico Casarosa se sentia um “peixe fora d’água” na infância – e transformou isso no mais novo filme da Pixar, que esteia nesta sexta (18)

17 de junho de 2021 14:57
- Atualizado em 18 de junho de 2021 12:47

Enrico Casarosa, que faz sua estreia na cadeira de diretor em ‘Luca‘, nova animação da Pixar para a Disney, contou na última quinta-feira, 10, sobre os bastidores do novo filme em uma masterclass do estúdio – além de compartilhar diversas curiosidades, inclusive de onde veio a grande metáfora para a trama.

A produção acompanha Luca e seu amigo Alberto em aventuras durante o verão italiano. Os dois parecem ser garotinhos normais, mas na verdade são criaturas mágicas marinhas.

Na história, os dois vão ao vilarejo de Portorosso – uma homenagem ao ‘Porco Rosso: O Último Herói Romântico‘, de Hayao Miyazaki – em busca de realizar o sonho de encontrar uma scooter para viajarem juntos pelo mundo do humanos.

Luca e Alberto magicamente se tornam garotos quando saem do mar e, contanto que se mantenham longe de qualquer contato com água, permanecem assim. O problema é que as pessoas de Portorosso caçam criaturas marinhas, então eles precisam tomar muito cuidado.

Enrico Casarosa, que já havia encantado com seu curta ‘La Luna’, compartilhou na masterclass que esse roteiro foi inspirado na infância do diretor, e que a grande mensagem é o valor da amizade e o respeito pelas diferenças.

'Luca', animação da Disney, é sobre aceitar nossas diferenças, diz diretor
Protagonistas de ‘Luca’, Giulia, Luca e Alberto (Imagem: Divulgação/Disney)

Publicidade

Luca foi levemente inspirado nele e seu melhor amigo de infância, que também se chamava Alberto. O cineasta era uma criança tímida, enquanto seu fiel parceiro era completamente extrovertido. Juntos, eles se divertiam por Gênova, uma das cidades mais procuradas por turistas na costa da Itália.

“Eu era um peixe fora d’água”, comentou o cineasta – e é por conta disso que, ‘Luca’ tem esse lado inspirado em seres marinhos . “Eu amo essa ideia de nos reconectarmos com nossa criança interior”. Sua ideia era que os adultos pudessem sentir isso enquanto assistem ao filme.

Para realizar a animação, Enrico Casarosa levou toda sua equipe à Itália, seu país natal, para conhecerem todo o charme da região. Essa pesquisa de campo foi regada de paisagens paradisíacas e muita comida, contou ele durante o evento.

'Luca', animação da Disney, é sobre aceitar nossas diferenças, diz diretor
Luca e Alberto: como peixes fora d´água (Imagem: Divulgação/Disney)

O filme foi finalizado na pandemia e Casarosa afirmou que a maior dificuldade foi gravar as vozes originais dos personagens com os atores que não tinha um estúdio em casa. No caso, as crianças, Jack Dylan Grazer (‘Shazam!’), por exemplo, teve que improvisar e usou o closet da mãe.

De resto, o diretor contou que foi muito divertido terminar a produção mesmo que à distância. Ele compartilhou que estava rodeado de uma ótima equipe, o que foi muito importante para que o projeto saísse do papel, e que essa é uma das mensagens da história: “tenha sempre pessoas boas ao seu redor”.

Casarosa também comentou que é incrível ver ganhar vida um desenho que ele criou, e essa é uma das maiores alegrias que um animador pode ter. Assim que ‘Luca’ ficou pronto, ele queria muito a aprovação de sua filha – e a menina, de 13 anos, adorou.

Assim como a garota, o cineasta afirmou que espera que a animação possa tocar também os adultos e passar a diante a mensagem de que precisamos explorar nossa criatividade e respeitar nossas diferenças. E, acima de tudo, Enrico Casarosa gostaria que o filme deixasse o coração dos telespectadores mais quentinhos durante essa fase difícil que o mundo enfrenta, devido a pandemia de covid-19.

‘Luca’ estreia no Disney+ nesta sexta-feira, 18 de junho. Não há custo adicional: o longa-metragem chega direto ao catálogo regular do serviço de streaming.

Siga o Filmelier no FacebookTwitterInstagram e TikTok.