Murder, She Wrote

Morre Angela Lansbury, de ‘Assassinato por Escrito’, aos 96 anos

Indicada a três Oscars e a 18 Emmys, a atriz era uma das grandes damas do cinema, TV e teatro – em uma carreira que durou oito décadas

11 de outubro de 2022 20:46

O cinema, o teatro e a televisão perderam nesta terça, 11, um dos seus grandes nomes. Angela Lansbury, atriz de séries como ‘Assassinato por Escrito’, filmes como ‘Sob o Domínio do Mal’ e vencedora de seis Tonys (o Oscar do teatro), morreu aos 96 anos.

De acordo com The Hollywood Reporter, Lansbury morreu durante a madrugada, enquanto dormia, em sua casa na cidade de Los Angeles, Califórnia. Ela completaria 97 anos daqui cinco dias.

Angela foi uma das grandes damas de Hollywood, tendo sido também indicada a 18 Emmys (sem nunca ter vencido o Oscar da TV), além de ter recebido um Oscar honorário pelo conjunto da carreira em 2013.

Por 12 temporadas, Lasnbury viveu a personagem Jessica Fletcher em 'Assassinato por Escrito' (crédito: divulgação / Universal Television)
Por 12 temporadas, Lasnbury viveu a personagem Jessica Fletcher em ‘Assassinato por Escrito’ (crédito: divulgação / Universal Television)

🎞  Quer saber as estreias do streaming e dos cinemas? Clique aqui e confira os novos filmes para assistir!

Angela Lansbury: de Londres para o mundo

Publicidade

Nascida em Londres no dia 16 de outubro de 1925, no berço de uma família de classe média-alta, Angela era filha da atriz escocesa Moyna Macgill e do político inglês Edgar Lansbury – que morreu de câncer quando a filha tinha apenas nove anos.

Fanática por cultura e por cinema, a pequena Angela foi obrigada a se mudar para Nova York, nos EUA, em 1940 – escapando assim dos ataques aéreos nazistas durante a Segunda Guerra Mundial. Do outro lado do Atlântico, a jovem começou a estudar teatro. Em 1942, já formada, se mudou para Greenwich Village.

Mentindo a idade – dizendo que tinha 19 anos quando tinha apenas 16 – Lansbury conseguiu os primeiros trabalhos. Com a mãe se mudando para Los Angeles, onde pretendia reviver a carreira cinematográfica, Angela foi para Hollywood.

O primeiro papel por lá já foi em um filme icônico: ‘À Meia Luz’, de 1944, estrelado por Charles Boyer e Ingrid Bergman. O longa, sobre um marido que tenta enlouquecer a esposa – uma história que marcou tanto que o título original do longa, ‘Gaslight’, se tornou sinônimo desse tipo de comportamento tóxico. O papel rendeu a primeira indicação de Angela Lansbury ao Oscar.

Com apenas 19 anos, Angela Lansbury foi indicada ao Oscar de Atriz Coadjuvante por 'À Meia Luz' (crédito: divulgação / MGM)
Com apenas 19 anos, Angela Lansbury foi indicada ao Oscar de Atriz Coadjuvante por ‘À Meia Luz’ (crédito: divulgação / MGM)

Já a segunda indicação ao prêmio da Academia chegou por ‘O Retrato de Dorian Gray’ (1945), baseado na obra de Oscar Wilde. Dessa forma, consolidava-se a carreira da atriz. Uma terceira indicação ainda viria com ‘Sob o Domínio do Mal’ (1962), no qual atuou ao lado de Frank Sinatra e Janet Leigh.

No entanto, os mais novos devem reconhecer a atriz por seu trabalho de voz em animações cinematográficas como ‘Anastasia‘ e ‘A Bela e a Fera‘ (dando vida à Mrs. Potts)

Enquanto não parava de fazer filmes, Angela também construiu uma gloriosa carreira no teatro a partir de 1957. Foram inúmeras as peças na Broadway, mas o estrelato veio mesmo a partir de 1966 – quando venceu o primeiro Tony, pela peça ‘Mame’.

Angela Lansbury nunca abandonaria os palcos, tendo atuado até 2019. Em 2022, venceu um último Tony, pelo conjunto da carreira.

Na televisão, a atriz também foi brilhante. Os primeiros papeis vieram ainda 1950, quando a mídia ainda era novata – quase sempre por meio do chamado teleteatro. Depois vieram diversas participações especiais em séries, incluindo como uma extravagante atriz em ‘O Agente da UNCLE’, já nos anos 1960

Porém, o rosto de Angela Lansbury ficou mais conhecido pela série ‘Assassinato por Escrito’, no qual interpretou a escritora e detetive amadora Jessica Fletcher por 264 episódios, entre 1984 e 1996. Ela foi indicada ao Emmy, o Oscar da TV, por todas as 12 temporadas da série, mas nunca venceu.

Em 2005, fez uma participação especial em um episódio duplo das séries ‘Law & Order: Trial by Jury’ e ‘Law & Order: Special Victims Unit’, que renderam mais uma indicação ao Emmy.

Angela Lansbury foi homenageada em 'O Retorno de Mary Poppins' (crédito: divulgação / Disney)
Angela Lansbury foi homenageada em ‘O Retorno de Mary Poppins’ (crédito: divulgação / Disney)

Nos últimos anos, já com idade avançada, Angela Lansbury havia diminuído o ritmo nas atuações, mas nunca se aposentou de fato. O último papel na TV foi na minissérie britânica da BBC baseada no livro ‘Mulherzinhas’. Em 2018, fez uma ponta (e recebeu uma verdadeira homenagem) em ‘O Retorno de Mary Poppins‘.

A atriz ainda deixou um último papel, inédito: uma participação como ela mesma em ‘Glass Onion: Um Mistério Knives Out’, a continuação de ‘Entre Facas e Segredos‘, que chega à Netflix em 23 de dezembro. Um último mistério para ela resolver.

Angela Lansbury foi casada duas vezes – o seu segundo marido, o ator e produtor Peter Shaw, morreu em 2003 – e deixou dois filhos.

Siga o Filmelier no FacebookTwitterInstagram e TikTok.