triangle-of-sadness

Mostra de SP divulga seleção com vencedor da Palma de Ouro, homenagem a Godard e mais

A programação ds Mostra Internacional de Cinema em São Paulo de 2022 ainda conta com a exibição de clássicos restaurados, como ‘Deus e o Diabo na Terra do Sol’

10 de outubro de 2022 10:18
- Atualizado em 11 de outubro de 2022 13:19

A Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, que neste ano terá retorno ao formato 100% presencial, divulgou a seleção oficial no último final de semana. Ao todo são 223 títulos, de 60 países, que serão exibidos em circuito de salas de cinemas e espaços abertos da cidade de São Paulo. A 46ª edição do festival começa em 20 de outubro e vai até 2 de novembro.

Triangle of Sadness’, de Ruben Östlund, vencedor da Palma de Ouro no Festival de Cannes 2022, abre a 46ª Mostra na quarta-feira, dia 19, na Cinemateca Brasileira, em sessão para convidados. O filme terá outras exibições no festival.

Outros destaques da programação são: ‘Bardo: Falsa Crônica de Algumas Verdades’, de Alejandro Iñarritu, ‘Nada de Novo no Front’, de Edward Berger, ‘No Bears’, de Jafar Panahi, ‘Fairytale’, de Alexander Sokurov, ‘Pacification’, de Albert Serra, ‘One Fine Morning’, de Mia Hansen Løve, ‘Os Anos Super 8’, de David Ernaux-Briot e Arnnie Earnaux (ganhadora do Nobel de Literatura).

Mostra 2022: Baseado no famoso livro, 'Nada de Novo no Front' estará na programação da Mostra antes de chegar à Netflix (crédito: divulgação / Netflix)
Baseado no famoso livro, ‘Nada de Novo no Front’ estará na programação da Mostra antes de chegar à Netflix (crédito: divulgação / Netflix)

🎞  Quer saber as estreias do streaming e dos cinemas? Clique aqui e confira os novos filmes para assistir!

Entre os títulos nacionais temos: ‘Regra 34′, de Julia Murat, vencedor do Leopardo de Ouro no Festival de Locarno, ‘Noites Alienígenas’, de Sérgio de Carvalho, ‘Perlimps’, nova animação de Alê Abreu (‘O Menino e o Mundo’) e mais. 

Clássicos e homenagens na Mostra 2022

Publicidade

O festival ainda terá uma homenagem a Jean-Luc Godard, que morreu há pouco mais de um mês, com a apresentação especial do documentário ‘Até Sexta, Robinson’ (‘A Vendredi, Robinson)’, de Mitra Farahani, que traz um diálogo de 29 semanas entre o diretor franco-suíço e o cineasta e escritor iraniano Ebrahim Golestam. 

Exibições dos clássicos restaurados terão sessões de ‘Deus e o Diabo na Terra do Sol‘, de Glauber Rocha, ‘A Rainha Diaba’, de Antonio Carlos Fontoura, ‘A Mãe e a Puta’ e ‘Meus Pequenos Amores’ ambos de Jean Eustache, e ‘Bratan’, de Bakhtyar Khudojnazarov.

Além de filmes, este ano, a Mostra de SP contará também com sessões das séries ‘The Kingdom Exodus’, de Lars Von Trier, e ‘Esterno Notte’, de Marco Bellocchio. Além das exibições presenciais, parte dos títulos também estarão disponíveis nas plataformas Sesc Digital e Spcine Play.

Para mais informações acesse o site da Mostra. A programação das sessões ainda será divulgada. Lembrando que o festival acontece de 20 de outubro a 2 de novembro.

Siga o Filmelier no FacebookTwitterInstagram e TikTok.