adam

Netflix, Ryan Reynolds e Blake Lively se unem em busca de mais representatividade no streaming

A iniciativa busca uma maior inclusão para comunidades sub-representadas em Hollywood – e inclui treinamento e vagas de emprego nas mais diversas carreiras do audiovisual

19 de abril de 2022 12:00

Depois de firmar uma parceria com um fundo árabe para apoiar cineastas mulheres, a Netflix também se juntou a Ryan Reynolds e Blake Lively em outra ação inclusiva. Os atores são os criadores da Group Effort Initiative (GEI), que visa dar foco a comunidades sub-representadas, e a união com o streaming trará isso para carreiras dentro audiovisual.

A ideia é que a representatividade chegue em todas as carreiras dentro do setor. Quem participar da iniciativa terá treinamento em sets de filmagens, bem como vagas de emprego em várias produções do streaming nos Estados Unidos e no Canadá.

Lançado e financiado por Ryan Reynolds e Blake Lively, em agosto de 2020, por meio das empresas Maximum Effort e B for Effort, o Group Effort Initiative reuniu sua primeira equipe em ‘O Projeto Adam’, parceria da Netflix com a SkyDance.

Netflix: Ryan Reynolds, Mark Ruffalo e Walker Scobell em 'O Projeto Adam' (Crédito: Divulgação/Netflix)
Ryan Reynolds, Mark Ruffalo e Walker Scobell em ‘O Projeto Adam’ (Crédito: Divulgação/Netflix)

📺 Quer encontrar mais de mil sugestões de filmes para assistir na Netflix? Confira aqui!

Publicidade

Os oito participantes serviram como assistentes de produção de nível básico em vários departamentos, incluindo câmera, construção, figurino, maquiagem, design de produção, escritório de produção e efeitos visuais.

A gigante do streaming já firmou parceria com a GEI para outros futuros lançamentos: ‘White Noise’, ‘You People’ e ‘Leave the World Behind’, que devem chegar à plataforma ainda neste ano.

“Iniciamos o Group Effort Initiative há pouco menos de dois anos para criar uma plataforma para vozes sub-representadas em nosso setor. Seu crescimento superou nossas expectativas mais loucas e não poderia ter tido sucesso sem o apoio inabalável da Netflix”, disseram Reynolds e Lively em um comunicado. “O que começou em ‘O Projeto Adam’ agora se expandirá para muitas outras produções da Netflix. Agradecemos a Scott Stuber e toda a equipe por seu compromisso com a inclusão. Não vamos decepcioná-lo.”

A parceria da empresa de Los Gatos com a GEI faz parte do Fund for Creative Equity (Fundo para Patrimônio Criativo, na tradução para o português), destinado a ajudar a criar mais oportunidades por trás das câmeras para comunidades sub-representadas nas indústrias de TV e cinema.

“Na Netflix, acreditamos que mais pessoas merecem ter suas vidas refletidas na tela e isso começa com as pessoas importantes por trás das câmeras”, acrescentou Stubbier, que atua como chefe de filmes globais na gigante do streaming.

Via Deadline.

Siga o Filmelier no FacebookTwitterInstagram e TikTok.