Mariano Mattos - O Rei da TV - Star

Star+ anuncia mais de 60 produções originais latino-americanas

A plataforma Star+, que é da Disney, será lançada na América Latina em 31 de agosto

24 de junho de 2021 18:17
- Atualizado em 25 de junho de 2021 10:37

As guerras do streaming está a milhão, e um dos territórios-chave desse “conflito” é, sem dúvida alguma, a América Latina. A Disney sabe disso, e a empresa anunciou nesta quinta (24) que sua segunda plataforma nesse mercado, o Star+, terá 66 produções originais “criadas na e para” a região.

“Há mais de 20 anos, desenvolvemos e produzimos conteúdos originais da melhor qualidade, pensando nas preferências dos públicos da nossa região”, disse Diego Lerner, presidente de The Walt Disney Company Latin America, em comunicado enviado à imprensa.

“Unimo-nos às mais conceituadas produtoras locais e ampliamos a presença de talentos na região para criar histórias de ficção e não-ficção sobre temas e problemas específicos da nossa região”, acrescentou Lerner. “Assim, neste momento, 66 produções originais encontram-se em diferentes estágios de realização nos principais mercados do território latino.”

Publicidade

Além das produções originais latino-americanas em sua plataforma irmã, o Disney+, a empresa está desenvolvendo mais de 130 projetos originais de oito países latino-americanos. Filmes estão inclusos, embora a maioria das produções seja de séries.

Entre os títulos, destaca-se a série ‘O Rei da TV’, que traz a trajetória do empresário e apresentador Silvio Santos – e conta com um elenco de atrizes e atores brasileiros formado por José Rubens Chachá, Mariano Mattos, Leona Cavalli e Larissa Nunes.

José Rubens Chachá como Silvio Santos em 'O Rei da TV' (Foto: divulgação / Disney)
José Rubens Chachá como Silvio Santos em ‘O Rei da TV’ (Foto: divulgação / Disney)

Outra produção confirmada é a série sobre Maria Bonita, baseada no livro ‘Maria Bonita: Sexo, violência e mulheres no cangaço’ e que trará a trajetória de uma das personagens femininas mais marcantes da históriaa brasileira.

“Os assinantes do Star+ poderão acessar histórias originais para todos os gostos, de ficção e não-ficção, estrelando os artistas mais renomados da região, abordando os temas mais comentados da cultura latino-americana nos tons de drama, comédia, comédia dramática, thriller, biopic e docu-reality”, diz o comunicado.

América Latina na disputa do streaming

Com trajetórias obviamente mais longas no mercado, Netflix e Amazon Prime Video há muito tempo investem na criação de conteúdo em em português e espanhol, dentro e fora da América Latina, para cativar o público da região. É um fato que os concorrentes mais novos não estão dispostos a ignorar.

O que mais se destaca é o HBO Max – cujo lançamento no Brasil é já no dia 29 de junho -, propriedade da AT&T e WarnerMedia. A plataforma promete 100 produções latino-americanas originais nos próximos dois anos.

Por sua vez, a Paramount+ (pertencente à ViacomCBS) assinou recentemente um acordo com a recém inaugurada produtora do ator mexicano Luis Gerardo Méndez e o produtor Gerardo Gatica para a criação de conteúdo mexicano exclusivo.

Mesmo os gigantes da televisão tradicional não pretendem ficar para trás. Enquanto no México a famosa Televisa, em aliança com a Univision, se movimenta nesse mercado. No Brasil, o Grupo Globo disponibiliza filmes e séries nacionais exclusivos no Globoplay há alguns anos.

Sobre Star+ no Brasil

Durante sua última reunião de balanço trimestral, a Disney decidiu adiar o lançamento da Star+ no Brasil e na América Latina para 31 de agosto de 2021.

Uma amostra dos conteúdos do futuro Star+, retirado do site da plataforma (Imagem: reprodução / Disney)
Uma amostra dos conteúdos do futuro Star+, retirado do site da plataforma (Imagem: reprodução / Disney)

O nome Star passou a ser propriedade da Disney com a aquisição da plataforma indiana Hotstar. No Brasil e em outros países da região, o nome já marca presença na televisão por assinatura, substituindo os canais Fox.

A estratégia da Disney é fazer do Star+ um complemento do Disney + no mercado de streaming. A plataforma hospedará filmes na vasta biblioteca de Mickey Mouse que não se enquadram no perfil mais “familiar” de sua irmã, incluindo aqueles que vieram sob seu guarda-chuva após a aquisição da 20th Century Fox (incluindo títulos mais adultos com super-heróis da Marvel, como ‘Deadpool‘ ou ‘Logan‘).

Publicado originalmente na edição mexicana do Filmelier News, com adição de informações para o público brasileiro.

Siga o Filmelier no FacebookTwitterInstagram e TikTok.