titane-julia

‘Titane’ é o vencedor da Palma de Ouro de Cannes 2021

É a segunda vez na história que um filme dirigido por uma mulher fica com o mais importante prêmio do festival

17 de julho de 2021 15:59
- Atualizado em 19 de julho de 2021 11:19

Depois de uma maratona cinematográfica de duas semanas na Riviera Francesa, o Festival de Cannes anunciou neste sábado (17) os vencedores da edição 2021. E coube a ‘Titane‘, de Julia Ducournau, o mais importante prêmio do evento, a Palma de Ouro de melhor filme.

Essa foi a segunda vez nas 74 edições de Cannes que uma produção dirigida por uma mulher ficou com a Palma de Ouro. A outra vez com ‘O Piano’, de Jane Campion – empatada com ‘Adeus, Minha Concubina’, de Kaige Chen. Está é, por consequência, a primeira vez que uma mulher não divide a premiação com um homem.

Isso sem antes de ocorrer uma gafe: Spike Lee, presidente do júri responsável por definir os filmes premiados, sem querer inverteu a ordem da entrega das palmas, anunciando o maior vencedor do festival primeiro. O episódio lembra, de certa forma, a inversão de estatuetas que ocorreu no Oscar desde ano.

A história de ‘Titane’ gira em torno de um pai, que após uma série de crimes inexplicáveis, se reencontra com o filho que estava desaparecido há dez anos. O “titane” do título significa “titânio” em português, que, de acordo com a própria sinopse do longa, é “um metal altamente resistente ao calor e corrosão, com ligas de alta resistência à tração”.

Publicidade

Assista ao trailer a seguir.

Saiba mais sobre ‘Titane’ clicando aqui.

A premiação coloca ‘Titane’ em uma posição privilegiada na próxima temporada de premiações. Antes de chegar aos cinemas, ‘Parasita‘ recebeu a Palma de Ouro da última edição de Cannes, pré-pandemia – em uma jornada que levou o longa ao prêmio máximo do Oscar 2020.

Meses depois, ‘Nomadland‘ venceu o Leão de Ouro de outro festival importante, o de Veneza, ficando com o Oscar de Melhor Filme agora em 2021.

No Brasil, ‘Titane’ chegará ao país pelas mãos da plataforma de streaming MUBI. Ainda não há uma data de lançamento.

O Grand Prix, que é o segundo mais importante prêmio de Cannes, teve um empate. A honraria coube a ‘A Hero’, de Asghar Farhadi, e a ‘Compartment No. 6’, de Juho Kuosmanen.

'Memoria’ , com Tilda Swinton, ficou com o Prêmio do Júri (Foto: divulgação / Festival de Cannes)
‘Memoria’ , com Tilda Swinton, ficou com o Prêmio do Júri (Foto: divulgação / Festival de Cannes)

O Prêmio do Júri também teve dois vencedores: ‘Ahed’s Knee’, de Nadav Lapid; e ‘Memoria’, de Apichatpong Weerasethakul.

O melhor ator de Cannes 2021 é Caleb Landry Jones, de ‘Nitram’; enquanto a melhor atriz é Renate Resinve, de ‘The Worst Person in the World’.

Já Leos Carax, de ‘Annette‘, ficou com a estatueta de melhor diretor. Enquanto a dupla Ryûsuke Hamaguchi e Takamasa Oe ficou com melhor roteiro por ‘Drive My Car’.

Dentro dos chamados prêmios secundários, a Camera d’Or (que premia o melhor filme de estreia de um cineasta) foi para ‘Murina’, de Antoneta Alamat Kusijanović; Palma de Ouro de curtas ficou com ‘All the Crowns in the World’, de Tang Yi; enquanto a Palma Queer premiou ‘The Divide’.

Vale lembrar que a presença em um festival prestigiado como o de Cannes antecede o lançamento em qualquer outra mídia, inclusive nos cinemas. Essas produções listadas aqui devem começar a chegar ao público em geral nos próximos meses – e você acompanha esses lançamentos aqui no Filmelier.

Siga o Filmelier no FacebookTwitterInstagram e TikTok.