Zé-do-Caixão

Zé do Caixão vai ganhar versão norte-americana produzida por Elijah Wood

O personagem também terá um reboot no México, que já está em desenvolvimento

14 de outubro de 2021 10:01

Zé do Caixão voltará aos cinemas, mas diferente de como os brasileiros conhecem. O personagem criado por José Mojica Marins ganhará novas versões, uma norte-americana e uma mexicana, segundo o site Screen Daily. Os projetos envolvem a produtora SpectreVision, fundada pelo ator Elijah Wood (‘Senhos dos Anéias’) e pelos diretores Daniel Noah e Josh C. Waller.

A empresa One Eyed Films, do Reino Unido, que tem os direitos do Zé Caixão, assinou um contrato para a produção dos filmes. O longa produzido no México já está em desenvolvimento, com o roteiro da dupla responsável pelo terror ‘Animales Humanos’, Lex Ortega e Adrian Garcia Bogliano.

José Mojica Marins como Zé do Caixão (Crédito: Divulgação)

De acordo com a SpectreVision, a ideia é fazer “uma versão mais popular, acessível e atualizada do antagonista. Fiel ao público que já conhece o Zé do Caixão, mas apresentando o personagem para um público novo e mais amplo”.

Sobre o Zé do Caixão

Publicidade

A carreira profissional de José Mojica Marins começou no final dos anos 1950, quase sempre com Mojica Marins dirigindo, escrevendo e atuando. A estreia como Zé do Caixão, personagem que o imortalizou, foi em 1964 com ‘À Meia-Noite Levarei Sua Alma’. O enredo era sobre um sádico coveiro do interior, que surgiu pela primeira vez em um pesadelo do cineasta.

Com o sucesso, o personagem, se tornou um dos principais nomes da Boca do Lixo, região não-oficial no bairro da Luz, em São Paulo, que se tornou notória pelas produções cinematográficas de forte apelo sexual, baixo orçamento e grande público nos cinemas.

Com o fim da censura da Ditadura Militar e abertura para filmes mais explícitos de sexo e terror, a Boca do Lixo entrou em decadência – levando junto o Zé do Caixão. O retorno foi a partir dos anos 1990, com reprises na TV – principalmente no Cine Trash, da Band.

O sucesso mais recente foi com ‘Encarnação do Demônio’, de 2008, com o retorno do Zé do Caixão para uma última história. O longa-metragem foi selecionado para o Festival de Veneza. Agora, ele ganhará o mundo com as versões internacionais.

Siga o Filmelier no FacebookTwitter e Instagram.