MGM Amazon Canal

Canal MGM continua no Prime Video, afirma Amazon

Na noite de quinta, todos os conteúdos do canal MGM, que é vendido por um custo adicional dentro do Amazon Prime Video, estavam com o aviso de que deixariam a plataforma no final de junho

17 de junho de 2021 23:24
- Atualizado em 18 de junho de 2021 19:36

Após a compra da MGM pela Amazon por US$ 8,45 bilhões, muitos tinham a esperança de que os filmes e séries do estúdio, atualmente vendidos como um canal com assinatura adicional, fossem integrados ao catálogo geral do Prime Video. Porém, um balde de água fria – ao menos por algumas horas – veio na noite de quinta (17): todos os conteúdos do canal MGM estavam com o aviso de que iriam deixar o serviço de streaming no final deste mês de junho.

Títulos como ‘Tomb Raider: A Origem‘, ‘O Silêncio dos Inocentes‘, ‘RoboCop‘ e ‘O Hobbit: Uma Jornada Inesperada’ tinham essa comunicação de que sairiam do Prime Video em 30 de junho.

No entanto, na manhã de sexta, 18, os avisos de retirada dos conteúdos não estavam mais presentes. O Filmelier entrou em contato com a assessoria de imprensa do Amazon Prime Video no Brasil, questionando sobre o caso, e a empresa afirmou que “esta informação não procede” e que “o MGM continua como está”.

Publicidade

O Filmelier questionou, então, sobre o motivo de tal comunicação de retirada ter sido exibida por algumas horas. A Amazon está verificando o assunto e esta nota será atualizada assim que houver uma explicação.

No detalhe, o aviso sobre a retirada dos conteúdos do canal MGM que estava presente no Prime Video na noite de quinta, 17 (Imagem: reprodução / Amazon)

Vale lembrar que, até agora, os filmes e séries da MGM estão disponíveis no Amazon Prime Video Channels como um canal à parte. Os vídeos são sob demanda, quando você assiste como e quando quiser, mas é necessário pagar uma valor a mais de R$ 14,90 por mês para assistir.

No entanto, a recente compra do estúdio por parte do gigante do e-commerce foi, entre outros motivos, para ampliar o catálogo disponível dentro da assinatura Prime. Por isso, a retirada dos filmes e séries do canal MGM poderia ser mais um passo rumo a essa consolidação, ainda que por questões burocráticas e/ou tecnológicas.

Todos os conteúdos do canal MGM do Prime Video estão com data para saírem do catálogo da plataforma (Imagem: reprodução / Amazon)
Todos os conteúdos do canal MGM do Prime Video estavam com data para saírem do catálogo da plataforma (Imagem: reprodução / Amazon)

Vale lembrar que esse mesmo conteúdo está disponível no serviço de canais do app Apple TV. Por lá não houve qualquer aviso sobre a retirada do conteúdo.

Mesmo que, no futuro, essa retirada seja consumada, isso não dizer que todo os filmes e séries, incluindo muitos clássicos, serão esquecidos. Caso isso aconteça, a tendência é que, mesmo que aos poucos, deles serem novamente disponibilizados aos usuários do serviço da Amazon.

A história do canal MGM

O canal MGM tem uma história conturbada no Brasil e na América Latina. Originalmente com o nome MGM Gold, foi criado em meados dos anos 1990 pela MGM Networks, empresa do famoso estúdio em parceria com o grupo Liberty Media (hoje dono da Fórmula 1). A companhia foi vendida em 2012 para a Chellomedia, que licenciou a marca da Metro-Goldwyn-Mayer e continuou operando o canal por aqui.

A Chellomedia, que também pertencia à Liberty Media, foi vendida em 2013 para a AMC Networks, dona do canal de TV homônimo. Menos de um ano depois, a empresa foi renomeada AMC Networks International – e, no Brasil, trocou o sinal do canal pago MGM pelo da própria AMC.

O famoso Leo, The Lion retornou ao universo brasileiro do entretenimento em casa mais recentemente, justamente como um canal de streaming dentro do Prime Video e da Apple TV.

Nota atualizada com o posicionamento da Amazon, que negou o fim do canal.

Siga o Filmelier no FacebookTwitterInstagram e TikTok.