CRIMES-OF-THE-FUTURE

8 Filmes para ficar de olho no Festival de Cannes 2022

Park Chan-wook, David Cronenberg, George Miller e James Gray tomam conta da Riviera Francesa neste ano

19 de maio de 2022 13:00
- Atualizado em 24 de maio de 2022 15:53

O Festival de Cannes 2022 começou nesta semana e vai até dia 28 de maio. Ainda é cedo para saber quais filmes vão se destacar, mas selecionamos aqui no Filmelier alguns que já estão sendo bem comentados – e que devem, daqui até 2023, chamar a atenção do público e da crítica, pintando também na temporada de premiações.

Quer um exemplo? Em 2021, o super comentado ‘Titane’ venceu a Palma de Ouro, enquanto ‘A Noite de Fogo’, ‘Annette’ e ‘Benedetta’ foram parte das produções que se sobressaíram.

Neste ano, a Riviera Francesa contará com o retorno de grandes diretores como Park Chan-wook com ‘Decision to Leave’; George Miller com ‘Three Thousand Years of Longing’; e também Baz Luhrmann com ‘Elvis’. Outros filmes aguardados são ‘Crimes of the Future’, de David Cronenberg; ‘Men’, de Alex Garland; e ‘Armaggedon Time’, de James Gray.

Confira abaixo nossa seleção de 8 filmes para ficar de olho – lembrando que, no futuro, eles vão estrear nos cinemas brasileiros e no streaming.

‘Crimes of the Future’

Publicidade

‘Crimes of the Future’ é mais recente trabalho de David Cronenberg, estrelado por Léa Seydoux, Kristen Stewart e Viggo Mortensen. O filme é situada em um futuro onde a humanidade aprendeu a alterar sua composição biológica – algumas naturalmente, outras cirurgicamente.

Este é primeiro roteiro original de ficção científica desde ‘EXistenZ’, de 1999. De fato, Cronenberg dirigiu outro filme intitulado ‘Crimes do Futuro’ em 1970, mas não se trata se um remake, e, sim, uma produção original.

Confira o trailer:

‘Three Thousand Years of Longing’

George Miller, que é diretor de ‘Mad Max’, descreveu ‘Three Thousand Years of Longing’ como o “oposto” de ‘Estrada da Fúria’ – um “anti-Mad Max”. O filme, desenvolvido ao longo de dez anos, conta a história de Alithea (Tilda Swinton), uma mulher que encontra um gênio (Idris Elba) que lhe oferece três desejos em troca de sua liberdade. A conversa deles, em um quarto de hotel em Istambul, leva a consequências que nenhum dos dois esperava.

Veja o teaser abaixo:

‘Aftersun’

Estreia na direção de um longa-metragem de Charlotte Wells. ‘Aftersun’ entrou no radar muito por conta de Paul Mescal, ator de ‘Normal People’ e ‘A Filha Perdida’, que caiu na graça do público. O longa segue uma menina chamada Sophie (Frankie Corio), que passa a refletir sobre a alegria compartilhada e a melancolia particular de um feriado que ela tirou com seu pai (Mescal). Memórias reais e imaginárias preenchem as lacunas enquanto ela tenta reconciliar o pai.

‘Aftersun’ é o primeiro trabalho da atriz Frankie Corio (Crédito: Divulgação/Charades/Sarah Makharine)

‘Armaggedon Time’

Dirigido por James Gray (‘Ad Astra’) e estrelado por Anthony Hopkins e Anne Hathaway, ‘Armageddon Time’ é um drama de época assinado pelo brasileiro Rodrigo Teixeira, da RT Features. O roteiro, escrito por Gray, foi inspirado na vida dele e fala sobre sua juventude crescendo no bairro Queens, em Nova York, nos anos de 1980.

‘Armaggedon Time’ é estrelado por Anthony Hopkins (Créditos: Divulgação/Focus Features)

‘Decision to Leave’

‘Decision to Leave’ é um próximo filme de mistério sul-coreano dirigido por Park Chan-wook – que não nos agraciava com um longa-metragem desde ‘A Criada‘, de 2016, filme premiado em Cannes. Chan-wook retorna à Riviera Francesa com um thriller estrelado por Tang Wei e Park Hae-il.

O longa acompanha um detetive investigando a morte de um homem nas montanhas e acaba encontrando a misteriosa esposa do homem morto no curso de sua investigação obstinada.

Confira abaixo o trailer:

‘Elvis’

O rei está vivíssimo no trailer de ‘Elvis’, biografia do cantor estrelado por Austin Butler e Tom Hanks. Com a direção de Baz Luhrmann, de ‘O Grande Gatsby’ e ‘Moulin Rouge’, o filme conta a vida do artista da infância ao estrelato. Exibido fora da competição em Cannes, o longa foi elogiado por Priscilla Presley, ex-esposa do músico.

A história mergulha na dinâmica complexa entre Presley e Parker ao longo de 20 anos, desde a ascensão de Presley à fama até seu estrelato sem precedentes, tendo como pano de fundo a paisagem cultural em evolução e a perda da inocência na América.

Veja o trailer:

‘Triangle of Sadness’

Ruben Östlund, vencedor da Palma de Ouro por ‘The Square: A Arte da Discórdia‘ (2017), está de volta à Cannes com ‘Triangle of Sadness’. A comédia, estrelada por Harris Dickinson, Charlbi Dean e Woody Harrelson, é uma sátira sobre o mundo das personalidades das internet.

Após um desastre em um cruzeiro de luxo, um casal de influenciadores fica preso em uma ilha deserta com um grupo de bilionários e uma faxineira. Na luta pela sobrevivência, as hierarquias sociais e financeiras são viradas de cabeça para baixo.

Charlbi Dean e Harris Dickinson em ‘Triangle of Sadness’ (Crédito: Divulgação/Cannes)

‘Broker’

O diretor japonês Kore-eda Hirokazu, que já ganhou a Palma de Ouro no Festival de Cannes 2018 por ‘Assunto de Família‘ e foi indicado ao Oscar de Filme Estrangeiro em 2019, e ganhou o Prêmio do Júri em 2013 por ‘Pais e Filhos’, retorna ao festival com o cinema do leste-asiático em alta.

‘Broker’ gira em torno de Sang-hyun (Song Kang Ho) e Dong-soo (Gang Dong Won) como “corretores de boa vontade”, que conectam bebês indesejados com novos pais no mercado negro. Quando um novo bebê é deixado, Sang-hyun e Dong-soo embarcam em uma viagem para conhecer futuros pais, mas ficam surpresos quando a mãe biológica (Lee Ji Eun) aparece inesperadamente para se juntar a eles nesta jornada.

‘Broker’ é o novo filme de Kore-eda Hirokazu (Crédito: Divulgação/Cannes)

‘Men’

O filme novo do Alex Garland (‘Ex_Machina’ e ‘Aniquilação’), ‘Men’, é estrelado por Jessie Buckley, indicada ao Oscar graças a sua atuação em ‘A Filha Perdida’, e Rory Kinnear (‘007: Sem Tempo Para Morrer’). Na trama, após uma tragédia pessoal, Harper (Buckley) tira umas férias sozinhas no campo, na esperança de encontrar um lugar para se curar. Mas alguém ou algo da floresta ao redor parece estar a perseguindo, o que se torna um pesadelo.

Confira o trailer:

‘The Five Devils’

‘The Five Devils’, parte da Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes 2022, tem direção de Léa Mysius (‘Ava’), o longa traz Adéle Exarchopoulos (‘Azul é a Cor Mais Quente‘) e Daphne Patakia (‘Benedetta‘) no elenco.

Na trama, aos sete anos de idade, Vicky (Sally Dramé) mora com sua mãe Joanne (Adéle) e seu pai Jimmie (Mustapha Mbengue), um homem que luta para encontrar seu lugar. Quando sua tia Julia (Swala Emati) chega depois de sair da prisão, traz de volta o passado, de uma maneira violenta e mágica.

‘The Five Devils’ chegará no Brasil pela MUBI (Crédito: Divulgação/MUBI)

O Festival de Cannes começou no dia 17 e vai até 28 de maio – e você pode acompanhar mais do evento aqui no nosso site ou nas nossas redes sociais.

Siga o Filmelier no FacebookTwitterInstagram e TikTok.