holy-spider-chega-ao-brasil-pela-mubi

‘Holy Spider’: thriller que estreou em Cannes chegará ao Brasil pela MUBI

A produção é comandada pelo cineasta dinamarquês-iraniano Ali Abbasi, diretor do aclamado ‘Border’

Susana Guzmán

  |  
27 de maio de 2022 15:38

A MUBI adquiriu os direitos do thriller ‘Holy Spider’ para distribuição nos principais territórios da América Latina, Reino Unido, Estados Unidos, Irlanda e Malásia.

A produção, que é dirigida pelo dinamarquês-iraniano Ali Abbasi (‘Border’), faz parte da seleção oficial do Festival de Cinema de Cannes 2022 e recebeu feedback positivo dos participantes.

'Holy Spider': thriller que estreou em Cannes chegará ao Brasil pela MUBI
‘Holy Spider’ está entre os 21 filmes selecionados para disputar a Palma de Ouro, principal premiação do festival de Cannes (Crédito: Divulgação/MUBI)

🎞 Quer sugestões de filmes para assistir na MUBI? Confira a nossa seleção aqui.

Sobre ‘Holy Spider’

O enredo do filme é baseado no hediondo assassinato de 16 prostitutas em 2001. O assassino, Saeed Hanaei, fez isso com a intenção de “acabar com a impureza” em seu país e para grande parte da população iraniana foi um ato plausível.

Publicidade

Com base nesses fatos reais, o cineasta conta a história de uma jornalista que decide investigar o caso dos assassinatos, ao mesmo tempo em que mergulha na mente do criminoso e sua obsessão por obter reconhecimento público por seus assassinatos.

Embora o diretor Abbasi more na Suécia há alguns anos, ele afirma que ‘Holy Spider’ representa mais das vivências das mulheres de Teerã do que muitos outros filmes produzidos no país.

Além deste thriller, a MUBI confirmou a aquisição de outros dois filmes a serem lançados no Brasil e na América Latina: ‘The Five Devils’ e ‘Aftersun’.

Publicado primeiro na edição mexicana do Filmelier News.

Siga o Filmelier no FacebookTwitterInstagram e TikTok.

28 Susana Guzmán

Susana Guzmán é jornalista especializada em cinema e entretenimento. Escreveu e foi editora de publicações como Cine PREMIERE, Cultura Colectiva e Deforma. A trajetória de redação criativa continua agora no Filmelier.