Tela claro tv+

NOW muda de nome e se torna Claro tv+

A plataforma da operadora Claro une TV paga e streaming, podendo ser assinada à parte por R$ 59,90 mensais

26 de maio de 2022 16:07

A partir de hoje, o NOW não existe mais – não, ao menos, com esse nome. A plataforma, nascida na antiga NET e inicialmente disponível para os assinantes de TV da Claro, passa a se chamar Claro tv+ (lê-se “Claro tevê mais”) a partir desta quinta, 26.

Por meio de comunicado oficial, a operadora informa que o “novo” serviço “traz uma nova proposta de valor ao somar TV e streaming, com mais de 100 canais e 50 mil conteúdos on demand, em um pacote único, para o cliente poder assistir em todas as telas e lugares, com acesso no formato que quiser: no app, no box ou na 4K.”

Na prática, trata-se de um “rebranding” do já conhecido NOW, que também trazia o chamado “catch-up” (que permite ver ou rever, quando quiser, os conteúdos dos canais), outros programas sob demanda e canais lineares ao vivo, além de ser possível comprar ou alugar filmes que não estão no catálogo assinado – incluindo filmes recém-lançados na tela grande ou que nem passaram pelos cinemas.

O NOW agora passa a se chamar Claro tv+ - e pode ser assinado de forma individual (crédito: divulgação / Claro)
O NOW agora passa a se chamar Claro tv+ – e pode ser assinado de forma individual (crédito: divulgação / Claro)

🎞  Quer saber as estreias do streaming e dos cinemas? Clique aqui e confira os novos filmes para assistir!

Como acontecia desde o início de 2021 – sem muito alarde – com o NOW, é possível Claro tv+ à parte, como um serviço de streaming OTT (over-the-top, sem a necessidade da caixinha da operadora), de forma similar feita pelo DirecTV Go. O valor é de R$ 59,90 mensais e dá acesso a cinco dispositivos cadastrados, com dois acessos simultâneos.

Publicidade

De acordo com a operadora, o pacote inclui canais lineares como Globo, Discovery, GloboNews e ESPN, além dos já mencionados 50 mil conteúdos sob demanda e a função Replay TV, que permite pausar, recomeçar programas ou gravar até sete dias de conteúdo. Tudo via internet, de qualquer lugar do Brasil.

A Claro tv+ segue sem custo adicional para os assinantes de TV paga da operadora. O app já está disponível para smartphones e tablets Apple e Android, além de smart TVs Samsung (em breve nas LG) e é compatível com o Google Chromecast. O acesso é feito pelas credenciais de assinatura.

Para quem é cliente apenas de banda larga ou de celular, é necessário fazer a assinatura adicional para ter acesso à Claro tv+.

Além do NOW, a Claro efetuou a mudança da marca Claro tv box, que passa a se chamar Claro tv+ box. Trata-se de um decodificador que não funciona conectado aos cabos coaxiais, mas sim à internet – como é feito com a Roku TV, por exemplo. A mensalidade é de R$ 89,90.

Para além da mudança de marca, a caixinha passa a ter também a Alexa, assistente virtual da Amazon, integrada – tornando possível usar comandos de voz para operar o aparelho, entre outras funções.

Claro tv+ 4K traz conteúdo em ultra HD por R$ 129,90 por mês (crédito: divulgação / Claro)
Claro tv+ 4K traz conteúdo em ultra HD por R$ 129,90 por mês (crédito: divulgação / Claro)

Para quem quiser conteúdo em ultra HD, há a opção de assinar a Claro tv+ 4K, que sai por R$ 129,90 ao mês e dá direito a dois pontos em casa, além de assinaturas dos streamings Paramount+ e Discovery+ sem custo adicional.

Em promoção de lançamento, quem contratar esses dois últimos serviços ainda recebe um voucher de R$ 1.300 para a compra de uma nova smart TV Samsung, em modelos pré-definidos.

Clique aqui para visitar o site da Claro, conferir mais detalhes sobre os pacotes oferecidos e, se quiser, efetuar a assinatura.

Siga o Filmelier no FacebookTwitterInstagram e TikTok.