chris-hemsworth-thor-love-and-thunder

‘Thor: Amor e Trovão’ divide crítica internacional, que aponta roteiro desbalanceado e excesso de temas

O quarto filme solo do Thor chega aos cinemas brasileiros nesta quinta-feira, dia 7

5 de julho de 2022 14:10
- Atualizado em 9 de julho de 2022 17:51

‘Thor: Amor e Trovão’ chega aos cinemas na quinta-feira, dia 7, e começaram a surgir as primeiras críticas do filme. Com todo o sucesso de ‘Thor: Ragnarok’, também do diretor Taika Waititi, era esperado que a produção fosse estar à altura do anterior – mas a opinião dos especialistas de cinema está bem dividida.

O quarto longa-metragem solo do deus asgardiano (Chris Hemsworth) da Casa das Ideias é mais um capítulo na grande epopeia do Universo Cinematográfico da Marvel. A história se passa após o fim de Asgard e dos eventos de ‘Vingadores: Ultimato’. Agora, é Jane Foster (Natalie Portman) que empunha o Mjölnir e é digna do poder de Thor.

Até o momento da publicação deste texto, a produção está com 69% de aprovação no Rotten Tomatoes, plataforma que compila críticas de filmes e gera porcentagens de aprovação.

‘Thor: Amor e Trovão’ divide crítica internacional, que aponta roteiro desbalanceado e excesso de temas
Chris Hemsworth em ‘Thor: Amor e Trovão’ (Crédito: Divulgação/Disney)

🎞  Quer saber as estreias do streaming e dos cinemas? Clique aqui e confira os novos filmes para assistir!

Confira o que a crítica está falando de ‘Thor: Amor e Trovão’:

Publicidade

Aqui no Filmelier, já assistimos ao longa e, no “nosso por que assistir?“, o texto traz que a nova aventura solo do Thor “é um alento para quem está vivenciando a ‘fadiga’ da Marvel e das grandes sagas de universos compartilhados. Tudo porque ‘Thor: Amor e Trovão’ finalmente volta a trazer uma história autocentrada, que não exige conhecimentos anteriores e entrega tudo que você precisa saber para entender o enredo”.

“Há, sim, um excesso de temas e faz falta um roteiro mais polido, com diálogos melhor trabalhados, mas ainda assim a obra traz algumas boas reflexões – enquanto empodera quem assiste, principalmente aqueles que passam ou passaram por difíceis momentos de saúde ou pela perda de pessoas amadas”, completa o nosso editor-chefe, Renan Martins Frade. Leia mais aqui.

A opinião de parte da crítica internacional você lê a seguir.

CNN

“A impressionante mistura de tons e estilos que o diretor Taika Waititi fez em ‘Thor: Ragnarok’ em grande parte fracassa em ‘Amor e Trovão’, que não é tão engraçado quanto quer ser, tão emocionante quanto precisa ser ou romântico como deveria ser”, disse Brian Lowry da CNN.

Entertainment Weekly

“Cada vez mais, esse universo cinematográfico parece ao mesmo tempo grande demais para falhar e amplo demais para suportar o peso de suas próprias maquinações infinitas. Nada disso necessariamente faz mais sentido nas mãos de Waititi, mas pelo menos alguém está se divertindo”, escreveu Leah Greenblatt para Entertainment Weekly.

Guardian

Peter Bradshaw escreveu ao Guardian: “Isso está se tornando um beco sem saída – mas isso não quer dizer que ainda não seja engraçado, e Thor ainda oferece um poderoso golpe de martelo, ou melhor, golpe de machado, é divertido”.

Washington Post

“‘Thor: Amor e Trovão’ pode não definir um ponto alto na missão de dominação mundial do MCU, mas também não é um ponto baixo”, assume Ann Hornaday, do Washington Post.

The Wrap

“Tenta equilibrar o tom jocoso de ‘Ragnarok’ com temas e pontos da trama que se sentiriam mais em casa em um filme de Ingmar Bergman, e os resultados se anulam”, disse Alonso Duralde, do The Wrap.

indieWire

“Se ‘Amor e Trovão’ é mais do mesmo, é também nunca menos que isso. O MCU ainda pode estar procurando um novo propósito no momento, mas a franquia pode se consolar no sentido de que Thor encontrou seu lugar”, escreveu David Ehrlich ao IndieWire.

Confira abaixo o trailer de ‘Thor: Amor e Trovão’:

Quer saber mais informações sobre ‘Thor: Amor e Trovão’? Então clique aqui, veja como comprar ingressos e muito mais.

Siga o Filmelier no FacebookTwitterInstagram e TikTok.