O Pior Vizinho do Mundo

Marc Forster
O Pior Vizinho do MundoO Pior Vizinho do Mundo
(2023)

Trailer

Por que assistir a este filme?

Um Homem Chamado Ove’, filme sueco de 2015, se tornou um inesperado sucesso ao redor do mundo. Fez boa bilheteria, abocanhou indicações ao Oscar. Natural, então, que oito anos depois surja uma adaptação dos Estados Unidos com ‘O Pior Vizinho do Mundo’. Produzido e estrelado por Tom Hanks (‘Elvis’), o filme faz um remake básico, como esperamos dessas adaptações americanas, mas que sabe emocionar. Para isso, a história acompanha Otto (Hanks), um senhor rabugento que desistiu da vida após a perda de sua esposa e quer acabar com tudo. Mas, quando uma jovem família se muda para as redondezas, ele encontra um refresco com a perspicaz Marisol (Mariana Treviño), levando a uma amizade que mudará seu mundo. É uma trama óbvia e um tanto batida, mesmo antes do filme sueco ganhar o mundo, mas que funciona por um motivo bastante específico: fazer chorar. Ainda que dirigido pelo fraquíssimo Marc Forster (‘007: Quantum of Solace’), o longa-metragem tem coração. Obviamente, se vale de muitos acertos do original para construir essa narrativa e, nos erros, tenta encontrar soluções -- como a relação com a vizinha, que nesta versão norte-americana é muito mais viva e verdadeira. Hanks também se sai muito bem: ainda que reciclando o que Rolf Lassgård fez muito bem, ele encontra particularidades para seu Otto. No fim, quem embarcar na proposta e esquecer do original, não vai conseguir acompanhar os créditos com as lágrimas tomando conta dos olhos.

Matheus Mans

Matheus Mans

Editor do Filmelier

Um irritável e extremamente estrito viúvo investiga e julga as atividades que se desenrolam em seu bairro. Sendo um homem isolado, profundo e solitário que ainda lida com o luto de perder a esposa, a vida tem sido injusta com Otto. Entretanto, ele acaba criando uma amizade inesperada com seus novos vizinhos, o que permite que ele cresça e se cura. Entretanto, velhos hábitos são difíceis de serem mudados – e sua jornada será bastante árdua.

Compartilhar

Onde assistir?

Em cartaz nos cinemas

Ingresso.com

Em breve em casa