eternals-1200-1

‘Eternos’: tudo o que você precisa saber antes de assistir ao novo filme da Marvel Studios

Quem é quem, origem do grupo nas HQs, conexão com o resto do Universo Marvel e onde assistir: contamos tudo

4 de novembro de 2021 17:00
- Atualizado em 8 de dezembro de 2021 12:51

Nesta quinta, 4, estreia nos cinemas de todo o Brasil o filme ‘Eternos’, nova superprodução que faz parte do Universo Cinematográfico Marvel – aquele mesmo dos Vingadores, iniciado em 2008 com ‘Homem de Ferro‘. Mais uma vez, como fez em ‘Guardiões da Galáxia‘, a Casa das Ideias pega um grupo de heróis desconhecido do grande público para levar à tela grande.

Que tal, então, aproveitar o momento para descobrir o que você precisa saber antes de assistir ao novo longa-metragem, incluindo de onde vieram os personagens e como a história se conecta com os outros filmes da Marvel?

Está tudo a seguir.

Os Eternos reunidos em imagem promocional do filme (Crédito: divulgação / Disney)

🎞 Quer saber as estreias do streaming e dos cinemas? Clique aqui e confira os novos filmes para assistir!

Os Eternos: uma criação de Jack Kirby

Publicidade

O quadrinista Jack Kirby é um dos grandes nomes da cultura pop moderna. Afinal, foi o artista e roteirista que, em conjunto com Stan Lee, criou boa parte dos personagens e das mitologias da Marvel Comics – que, hoje, inspiram os blockbusters do cinema.

Os Eternos são mais um exemplo dessa mente fértil de O Rei, que era como ele era chamado pelos fãs da Casa das Ideias.

Tudo começou em 1970, quando Kirby, por diferenças criativas com Stan Lee, deixou a Marvel e foi para a DC Comics, onde criou a série de gibis conhecida como O Quarto Mundo – de onde veio os Novos Deuses e ninguém menos que Darkseid, o grande vilão da editora. Trata-se de uma mitologia incrível, com um visual quase lisérgico e que até hoje rende ótimas histórias pelos lados da Distinta Concorrência, que era como Lee chamava a editora.

A edição da HQ que introduziu os Eternos, arte de Jack Kirby (Crédito: reprodução / Marvel Comics)

Porém, as publicações foram canceladas – e Kirby nunca pode dar o final desejado para a saga. Ele então voltou para a Marvel, para onde levou diversas ideias não executadas dessa fase final. Assim surgiu em julho de 1976 o gibi ‘The Eternals #1’, criando mais uma mitologia com o selo de qualidade do quadrinista.

Qual é a história original dos Eternos?

Na versão de Jack Kirby, seres intergalácticos superpoderosos – os Celestiais – vieram para a Terra ainda antes do surgimento da humanidade, onde fizeram experimentos nos nossos antepassados. Assim surgiram seres conhecidos como Eternos, que têm superpoderes e vivem muito mais do que os humanos normais – ainda que não sejam imortais. Também criaram os Deviantes, seres grotescos e instáveis.

Esses Eternos, então, se misturaram aos humanos, de alguma forma colaborando com a nossa evolução e deixando a sua marca enquanto combatiam os Deviantes.

Jack Kirby, na concepção do grupo, explicando as diferenças entre Deviantes, humanos e Eternos (Crédito: reprodução / Marvel Comics)

Com o tempo e a entrada de outros quadrinistas, essa mitologia foi se expandindo – e se tornando parte importante do Universo Marvel dos gibis. Novos Eternos foram criados, enquanto personagens já existentes (como Thanos) sofreram mudanças retroativas de continuidade para serem enquadrados dentro da raça.

Também foram, aos poucos, estabelecidas conexões dos quadrinhos com as nossas mitologias. Por exemplo, Ikaris, um dos Eternos, lutou contra um Deviante com forma de minotauro na Grécia antiga, onde também se apaixonou e teve um filho humano, chamado Ícaro. Isso mesmo, aquele da mitologia grega.

Novos elementos foram estabelecidos ainda mais recentemente, a partir da fase do roteirista Neil Gaiman, em meados dos anos 2000. Em grande parte, são adições que inspiraram fortemente o novo filme da Marvel Studios – incluindo no terceiro ato da história.

Quem são os Eternos do filme?

No novo filme da Marvel Studios, os Eternos são representados por dez seres superpoderosos, presentes na Terra há milênios. Todos eles possuem alguns poderes “básicos”, por assim dizer, compreendendo força, velocidade, reflexos e agilidades superiores aos humanos normais, além de não envelhecerem. Em adição a isso, a partir da manipulação da chamada energia cósmica, cada um possui uma capacidade específica, designada especificamente pelos Celestiais.

Confira quem são eles:

  • Sersi (Gemma Chan): Seu grande poder é transmutar qualquer objeto inanimado para outra forma inanimada – como, por exemplo, transformar água em aço. Ela viveu um caso de amor com Ikaris, companheiro na equipe, por quase 5 mil anos;
  • Ikaris (Richard Madden): Além de ter poder de voo, Ikaris tem supervelocidade e força ainda maiores que a dos companheiros. Também consegue atirar rajadas de energia pelos olhos. Ou seja, muito parecido como Superman – e, na Grécia Antiga, inspirou os mitos sobre Ícaro;
  • Ajak (Salma Hayek): Líder do grupo, pode se comunicar telepaticamente com os Celestiais. Também pode curar qualquer humano ou Eterno;
Os Eternos em ação no novo filme da Marvel Studios (Crédito: divulgação / Disney)
Os Eternos em ação no novo filme da Marvel Studios (Crédito: divulgação / Disney)
  • Thena (Angelina Jolie): Inspiração para a deusa Athena da mitologia grega, Thena pode criar constructos de energia com o formato de armas, incluindo escudos, espadas e machados.
  • Kingo (Kumail Nanjiani): Consegue lançar raios de energia de suas mãos, energia cósmica essa que pode ser manipulada de acordo com a sua vontade;
  • Makkari (Lauren Ridloff): Seu grande poder é a supervelocidade, capacidade que pode utilizar para criar ondas de choque de energia ou para ampliar a sua própria força. Além, claro, de poder se movimentar rapidamente e escapar de ataques. Primeira heroína deficiente auditiva da Marvel Studios;
  • Phastos (Brian Tyree Henry): Dono de um intelecto descomunal, Phastos é o inventor e cérebro do grupo. Descrito como tecnopata, ele pode criar qualquer arma ou instrumento a partir de energia cósmica. Primeiro herói abertamente gay da Marvel Studios;
  • Duende (Lia McHugh): Chamada Sprite no original, Duende está presa ao corpo de uma garota de 13 anos para todo o sempre. Seu grande poder é da ilusão, com o qual pode criar qualquer tipo de projeção que parecerá real aos outros. Ela também usou esse poder para espalhar lendas sobre os Eternos por toda a história da humanidade;
  • Druig (Barry Keoghan): Capaz de controlar a mente de outros humanos, que passam a seguir a sua vontade;
  • Gilgamesh (Don Lee): Consegue usar a energia cósmica para criar exoesqueleto para seus braços e mãos, fazendo com que seus golpes sejam extremamente poderosos.

Como os Eternos se encaixam dentro do MCU?

Atenção: spoilers dos primeiros minutos de ‘Eternos’ a seguir, ainda que não sejam reveladas informações mais profundas sobre a trama.

Em ‘Eternos’ é estabelecido que esses seres superpoderosos estão no nosso planeta desde a aurora da humanidade, deixados aqui pelos Celestiais para nos proteger dos Deviantes. Eles não deveriam interferir nos nossos rumos, mas acabam, de certa forma, ajudando na nossa evolução tecnológica.

Os Eternos estavam na Terra durante o ataque de Thanos, mas preferiram não interferir (Crédito: divulgação / Disney)

Há algum tempo os Deviantes foram derrotados de forma definitiva, e os Eternos se dispersaram e passaram a viver entre nós, sem interferir. Por isso não estavam presentes na luta contra Thanos, vista em ‘Vingadores: Guerra Infinita‘ e ‘Vingadores: Ultimato‘.

O filme começa algum tempo depois dos eventos de ‘Ultimato’, após o “blip” – quando o Hulk estala seus dedos para desfazer todas as “mortes” provocadas por Thanos no filme anterior. Por isso, a história acontece em uma janela temporal próxima da de ‘Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis’ e da série ‘Falcão e o Soldado Invernal’. Ou seja, a partir de 2023-2024.

Além disso, ‘Eternos’ traz impactos para além da Fase 4 da Marvel Studios, que é a atual. O personagem interpretado por Kit Harington (‘Game of Thrones’) terá importância no que vem a seguir, enquanto um outro personagem importante é introduzido em uma das duas cenas pós-créditos do longa.

Por isso, mesmo que a temática de ‘Eternos’ não lhe agrade, a história acaba tendo importância dentro dessa continuidade intrincada que a Casa das Ideias está construindo nos cinemas.

Onde eu posso assistir a ‘Eternos’?

‘Eternos’, no momento, pode ser assistido exclusivamente nos cinemas de todo o Brasil – clique aqui para conferir mais informações, incluindo link para a compra de ingressos.

Após cerca de 45 dias dessa estreia, o longa-metragem ficará disponível no Disney+ sem custo adicional. Isso deverá acontecer a partir de 19 de dezembro.

Siga o Filmelier no FacebookTwitterInstagram e TikTok.