11166654 - SPIDER-MAN: NO WAY HOME

‘Homem-Aranha: Sem Volta para Casa’ é a catarse de três gerações de fãs

Ao resgatar elementos das versões anteriores do herói nos cinemas, novo filme é uma celebração que reúne todos os fãs

18 de dezembro de 2021 12:46
- Atualizado em 28 de janeiro de 2022 12:03

A espera acabou: ‘Homem-Aranha: Sem Volta para Casa’ finalmente chegou aos cinemas brasileiros. Com expectativa de recorde de bilheteria em tempos de pandemia, já podemos dizer que o longa-metragem entregou aquilo que o público esperava: uma verdadeira catarse, no sentido aristotélico do termo, para três gerações de fãs do personagem nos cinemas.

Na história, o Peter Parker de Tom Holland, parte do Universo Cinematográfico Marvel, busca a ajuda do Doutor Estranho (Benedict Cumberbatch) após ter a identidade secreta revelada no final de ‘Homem-Aranha: Longe de Casa‘. Mas, como todo bom longa de herói, algo dá errado e a linha do tempo se mistura, de alguma forma, trazendo de volta vilões das duas encarnações anteriores do personagem.

A partir disso, temos o retorno de Duende Verde de Willem Dafoe (‘Homem-Aranha‘), Doutor Octopus de Alfred Molina (de ‘Homem-Aranha 2‘), o Electro de Jamie Foxx (‘O Espetacular Homem-Aranha 2‘), o Homem Areia de Thomas Haden Church (‘Homem-Aranha 3‘) e do Lagarto, de Rhys Ifans (‘O Espetacular Homem-Aranha’), que já tinham dado as caras nos trailers.

Publicidade

A grande expectativa da trama era a aparição de Tobey Maguire e Andrew Garfield, que interpretaram o herói nos outros dois filmes. Esse segredo foi muito bem guardado e, indo aos cinemas, você vai descobrir a resposta – do contrário, sabemos que as redes sociais estão recheadas de pessoas deselegantes revelando a trama de ‘Homem-Aranha: Sem Volta para Casa’.

A nova aventura do herói, interpretado por Tom Holland, é emocionante e infelizmente não dá para falar da história sem revelar um pouco do roteiro, entregando detalhes.

Se você quer se surpreendido, pare de ter esta análise aqui. A seguir, o texto trará spoilers da trama do novo filme do Amigão da Vizinhança. Leia apenas se você já viu o filme, ou realmente não liga para ter a sua surpresa estragada.

Homem-Aranha: Tom Holland preocupado com os spoilers (Crédito: Divulgação/Sony Pictures)
Tom Holland preocupado com os spoilers (Crédito: Divulgação/Sony Pictures)

🎞  Quer saber as estreias do streaming e dos cinemas? Clique aqui e confira os novos filmes para assistir!

Não podemos dizer que não avisamos. Pois sim, Tobey Maguire e Andrew Garfield vestem novamente o manto de Homem-Aranha no novo filme. Juntos, eles formam uma equipe com o atual Peter Parker (Holland) para resolver uma grande confusão causada por ele junto com o Doutor Estranho.

Nosso objetivo aqui, na verdade, é analisar como os filmes do herói foram mudando através do tempo e como essa diferença geracional foi colocada em pauta através destes três personagens – e atores. Maguire vestiu o capuz vermelho pela primeira vez em 2002 com ‘Homem-Aranha’, que iniciou uma trilogia nas mãos do diretor Sam Raimi.

O Homem-Aranha de Sam Raimi

Aquela foi a primeira adaptação do Teioso para os cinemas – em uma era que não estávamos acostumados com um conteúdo massivo de longas deste tipo. A franquia seguiu os passos de ‘X-Men: O Filme’ (2000), de Bryan Singer, que também vinha de histórias em quadrinhos da Marvel. Inclusive, ambas franquias tiveram versões bem-sucedidas em desenhos animados para a TV na década anterior.

‘Homem-Aranha’ foi um sucesso de bilheteria, rendendo mais dois capítulos – o único elo fraco é o ‘Homem-Aranha 3’. Mas, no geral, a franquia é ótima e abriu espaço para outras produções de super-heróis. Em 2003, tivemos o ‘Hulk’ de Eric Bana, com direção de Ang Lee – que pode não ter sido o melhor filme do mundo, mas muita gente gosta.

Já em 2008, o Universo Cinematográfico Marvel deu o seu primeiro passo – a partir daquelas sementes anteriores – com ‘Homem de Ferro’. Podemos dizer que tudo que existe hoje tem um dedo tanto de Sam Raimi quanto de Bryan Singer, afinal foram os precursores.

Tobey Maguire em 'Homem-Aranha' (Crédito: Divulgação/Sony)
Tobey Maguire em ‘Homem-Aranha’ (Crédito: Divulgação/Sony)

Voltando as Aranhas. Tobey Maguire era um nome conhecido em Hollywood, mas interpretar um super-herói consegue aumentar a fama de qualquer um. Não só ele: Kirsten Dunst também se tornou a namoradinha da América ao viver Mary Jane Watson.

Apesar de se passar no colegial, Raimi deu um tom mais maduro ao herói. A amizade com Harry Osborn (James Franco), a relação dele com Norman Osbourn (Willem Dafoe), o Duende Verde, e o namoro com a Mary Jane têm um teor bem adulto.

Eis que 19 anos depois, no auge de seus 46 anos, Tobey Maguire volta a colocar o clássico uniforme vermelho e azul. ‘Homem-Aranha: Sem Volta para Casa’ não deixa de lado piadinhas, como o fato do Peter Parker de Maguire ser o mais velho e experiente dos Cabeças de Teia.

O Homem-Aranha de Mark Webb

O mesma construção acontece com Andrew Garfield, o elo mais emotivo e com mais problemas de confiança dos três. Tem até mesmo um coach de Peter Parkers promovido por Maguire. Em 2012, quando ‘O Espetacular Homem-Aranha’ chegou aos cinemas, Garfield navegou na onda de sucesso da primeira trilogia.

Desta vez, não temos Mary Jane, mas sim Gwen Stacy (interpretada por Emma Stone) como interesse amoroso de Parker, seu primeiro grande amor. Com uma vibe bem adolescente, diferente da trilogia de Sam Raimi, esse foi o reinício da série cinematográfica com a direção de Mark Webb (‘(500) Dias com Ela’).

Garfield é um Peter Parker diferente de Tobey Maguire – um pouco mais inocente e também descolado, já que o de Maguire era um estereótipo bem específico de um jovem tímido e inteligente. Outra mudança está no uniforme do herói.

Andrew Garfield em 'O Espetacular Homem-Aranha' (Crédito: Divulgação/Sony)
Andrew Garfield em ‘O Espetacular Homem-Aranha’ (Crédito: Divulgação/Sony)

👊 Quer filmes de ação para assistir no streaming ou nos cinemas? Acesse aqui e confira centenas de opções!

O ator chegou a fazer uma sequência. ‘O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro‘ foi lançado em 2014. O filme tem um salto de maturidade, mudando consideravelmente o tom teen. Gwen Stacy tem um trágico final, como nas histórias em quadrinhos, e o Aranha de Andrew Garfield ganha novas camadas.

A dinâmica é semelhante de quando o Peter Parker de Tobey Maguire vê o tio Ben (Cliff Robertson) morrer. Cada um deles tem uma forma de lidar com a perda, e esse sentimento está presente em ‘Sem Volta Para Casa’. Tom Holland dá outra cara para o herói, que aos poucos vai deixando no passado sua mente de garoto.

Se Andrew Garfield deu uma energia adolescente para o Homem-Aranha, a versão de Holland reforçou ainda mais isso. Em ‘De Volta ao Lar’, o diretor Jon Watts garante uma nova legião de fãs ao pegar um público ainda mais jovem, com outras vivências, preocupações e preocupações na vida.

Entra Tom Holland

Tom Holland tinha apenas 21 anos quando assumiu o papel, em 2017, sendo o ator mais jovem a interpretar o Aranha. Tobey Maguire tinha 27 quando estrelou o primeiro filme, já Garfield tinha 29 anos na época em que ‘O Espetacular Homem-Aranha’ foi feito.

Além disso, o atual Aranha entrou nos Vingadores, algo que ainda não tinha sido visto no Aranhaverso. Holland mudou completamente o universo que estávamos acostumados, e com ‘Sem Volta Para Casa’ temos mais uma transformação.

Todos os fãs das três encarnações do personagem podem finalmente se unir, já que temos um dos filmes de heróis mais ousados e feito sob medida para quem acompanha o Homem-Aranha. A Marvel Studios e a Sony conseguiram aguardar muito bem todas as participações do longa, ainda que existissem diversos rumores e muitos já estivessem traçado teorias.

‘Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa’ é um desfecho merecido para a primeira trilogia de Holland. Apesar de sabermos que teremos mais filmes com o ator com o manto do herói, é difícil imaginar outro neste mesmo nível.

Siga o Filmelier no FacebookTwitterInstagram e TikTok.